Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/12566
Title: Saberes e práticas de familiares cuidadores no cuidado à criança em terapia anticonvulsivante: o processo de produção do almanaque
Other Titles: Knowledge and practices of family caregivers regarding medication care of children under neuroleptic therapy: The process of almanac production
Authors: Aguiar, Rosane Cordeiro Burla de
metadata.dc.contributor.advisor: Cabral, Ivone Evangelista
metadata.dc.contributor.advisorco: Martins, Isabel Rodrigues Gomes
metadata.dc.contributor.members: Cabral, Ivone Evangelista
Oliveira, Isabel Cristina dos Santos
Martins, Isabel Rodrigues Gomes
Issue Date: 2005
Citation: AGUIAR, Rosane Cordeiro Burla de. Saberes e práticas de familiares cuidadores no cuidado à criança em terapia anticonvulsivante: o processo de produção do almanaque. 2005. 147 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Escola de Enfermagem Anna Nery, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2005.
Abstract: Crianças com necessidades especiais de saúde (crianes) possuem disfunções que limitam o estilo de vida e atividades próprias da idade. Elas requerem atendimento de saúde contínuo e interdisciplinar, cuidados especiais em domicílio que, por não pertencerem ao cotidiano de cuidar dirigido à maioria das crianças, representam desafios relacionados aos cuidados habituais modificados, de desenvolvimento, tecnológico e medicamentoso. Os saberes e práticas cotidianas dos familiares cuidadores de crianças em terapia anticonvulsivante foram problematizados e incorporados no processo de produção de um material educativo (almanaque), com os objetivos de: desvelar os conteúdos sobre a terapia no cotidiano do cuidado; incorporar suas experiências nesse processo de produção; discutir a apropriação das imagens ofertadas durante o processo de produção. A pesquisa qualitativa foi conduzida segundo a dinâmica de criatividade e sensibilidade almanaque do método criativo e sensível e complementada com informações do banco de dados do Laboratório de Pesquisa e Tecnologia Educacional em Saúde da Criança (LAPTESC), dos prontuários e de entrevistas individuais. Participaram da dinâmica, cinco familiares cuidadoras de cinco crianças em atendimento na unidade de reabilitação de um hospital público e de ensino do Rio de Janeiro, em quatro encontros grupais e dois individuais. Para produzir um material educativo dialógico, centrado no saber de experiência feita das familiares cuidadoras, foi preciso constituir questões geradoras de debate mobilizadoras de respostas vinculadas ao cotidiano do cuidado na administração do anticonvulsivante a criança para fomentar o diálogo e a interação. Além disso, a oferta de imagens foi uma antecipação que ajudou as cuidadoras a processar respostas, mas não inibiam o potencial criativo no momento de representação da cena do cotidiano que envolve a sua ação cuidativa. A apropriação de imagens fomentou a reflexão sobre o fazer, revelando erros e acertos e desvelando dificuldades na ressignificação das prescrições medicamentosas e das orientações sobre a terapia. Nesse sentido, o processo de produção indicou a geração de um material educativo que incluiu os temas: dose adequada e efeitos desejáveis e indesejáveis, modo de apresentação e administração do remédio, dificuldades e facilidades na implementação da terapia com anticonvulsivante.
metadata.dc.description.abstractother: Children with special healthcare needs (CSHCN) have dysfunctions that cause limitations to their life style and daily activities proper to each age. Also, they have continuous demands and require interdisciplinary health providers interventions. Moreover, at home, their special need involve more demands of care (modified routine, development, technology and medication care) to their caregivers than other children. The knowledge and practices of the children s caregivers regarding neuroleptic therapy were incorporated in the process of almanac production. The objectives were unveiling the caregivers knowledge regarding this therapy; incorporating their experiences of medication care in the process of almanac production; discussing the images appropriation during that process. The qualitative research was conducted according to the creative and sensitive method of data production. Data from group dynamic of creativity and sensitivity (called almanac), data bank, medical chart and individual interviews compounded the primary source of research. Five family caregivers participated as a volunteer in four group dynamic session and two individual interviews. All of them were responsible for providing neuroleptic therapy to children under rehabilitation intervention at one teaching hospital in Rio de Janeiro. The findings showed that, in order to produce a dialogic educational material, the process of almanac production highlighted the caregivers knowledge constituted by the experience of medication care. Besides, the offered images were an important anticipation that help caregivers organizing answers to a sort of questions without inhibited the potential creative during the representation of the daily care scenes which involved the care action. The images appropriation trigged reflections regarding care, mistakes and writes, interpretation of physician s prescriptions and orientations related to the therapy. In this sense, the process of production based on dialogue and continuous interaction allowed generating an educational material in which included the following subjects: adequate dose; desirable and undesirable effects; drug presentation; drug administration; difficulties and facilities in the implementation of neuroleptic therapy to CSHCN.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/12566
Appears in Collections:EEAAC - Produção Docente - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RosaneCordeiroBurlaDeAguiar_Dissertação.pdf2.86 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.