Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/12569
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorChristoffel, Marialda Moreira-
dc.contributor.authorMachado, Maria Estela Diniz-
dc.date.accessioned2020-01-06T20:04:12Z-
dc.date.available2020-01-06T20:04:12Z-
dc.date.issued2014-
dc.identifier.citationMACHADO, Maria Estela Diniz. Conhecimento, atitudes e práticas do enfermeiro no cuidado desenvolvimental ao recém-nascido em unidades no município do rio de janeiro. 2014. 218 f. Tese (Doutorado em Enfermagem) - Escola de Enfermagem Anna Nery, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2014.pt_BR
dc.identifier.urihttps://app.uff.br/riuff/handle/1/12569-
dc.description.abstractO avanço tecnológico trouxe para o recém-nascido, especialmente o prematuro e de baixo peso, maiores possibilidades de sobrevida, o que aumentou o tempo de internação e exposição precoce à experiência sensorial no ambiente da Unidade de Terapia Intensiva Neonatal, com luzes brilhantes, elevados níveis de ruído, frequentes intervenções de manuseio excessivo, múltiplos procedimentos dolorosos e repetitivos, que podem exercer efeitos deletérios ao cérebro imaturo e alterar, subsequentemente, seu desenvolvimento. O enfermeiro tem grande responsabilidade em promover estratégias de cuidado para minimizar eventos adversos do ambiente estressor da Unidade de Terapia Intensiva Neonatal, para proteção e apoio ao desenvolvimento neurocomportamental precoce do prematuro. O cuidado desenvolvimental enquanto estratégia de atenção humanizada ao recém-nascido, seus pais e família, respeitando suas singularidades, encontra-se inserido na Norma de Atenção Humanizada ao Recém-Nascido de Baixo Peso - Método Canguru. Desse modo, este estudo teve por objetivos: Identificar conhecimento e prática dos enfermeiros no cuidado desenvolvimental com o recém-nascido de risco nas unidades neonatais do Rio de Janeiro; Descrever as atitudes dos enfermeiros no cuidado desenvolvimental com o recém-nascido de risco nas unidades neonatais do Rio de Janeiro; Analisar o cuidado prestado ao recém-nascido de risco pelos enfermeiros frente às diretrizes das políticas públicas de saúde voltadas para o cuidado desenvolvimental. Estudo quantitativo, censitário, seccional, do tipo Survey, utilizando o Método CAP (Conhecimento, Atitude, Prática), realizado em 10 unidades neonatais de referência para o atendimento do recém-nascido de risco no município do Rio de Janeiro. A amostra foi de 111 enfermeiros. Foi utilizado questionário autoaplicável do tipo Lickert. Os dados foram analisados pelo Programa estatístico R. A análise exploratória de dados constituiu em porcentagem simples, média e intervalos de confiança (IC). Os resultados mostraram que os enfermeiros neonatais têm conhecimento quanto ao cuidado desenvolvimental, atitude que se mostra em processo de transição entre o modelo biomédico e o modelo humanístico, e uma prática onde o cuidado desenvolvimental não se encontra plenamente implantado, com barreiras relacionadas à própria resistência dos profissionais, dificuldades de recursos estruturais, organizacionais, humanos e materiais. Conclui-se que existe necessidade de adequação quanto ao número de leitos neonatais e apoio gestor nos níveis direto e indireto para implementação do cuidado desenvolvimental, além de educação permanente para os profissionais envolvidos no cuidado com o recém-nascido de risco e sua família nas unidades neonatais. Para a prática profissional de enfermagem, este estudo pode contribuir para o fortalecimento do papel do enfermeiro no cuidado com o recém-nascido de risco e sua família e oferecer subsídios para futuras pesquisas a partir do conhecimento, atitude e prática dos enfermeiros neonatais quanto ao cuidado desenvolvimental na cidade do Rio de Janeiro. Recomenda-se capacitação nas unidades pesquisadas para sedimentação e implementação efetiva do cuidado desenvolvimental.pt_BR
dc.description.provenanceSubmitted by Biblioteca da Escola de Enfermagem (benf.sdc@id.uff.br) on 2020-01-06T20:04:12Z No. of bitstreams: 1 Maria Estela Diniz Machado_TESE.pdf: 6023379 bytes, checksum: 68252e5f01cb60006f7ce26a958ef314 (MD5)en
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2020-01-06T20:04:12Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Maria Estela Diniz Machado_TESE.pdf: 6023379 bytes, checksum: 68252e5f01cb60006f7ce26a958ef314 (MD5) Previous issue date: 2014en
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsopenAccesspt_BR
dc.titleConhecimento, atitudes e práticas do enfermeiro no cuidado desenvolvimental ao recém-nascido em unidades no município do Rio de Janeiropt_BR
dc.typeTesept_BR
dc.subject.keywordCuidado do Lactentept_BR
dc.subject.keywordTerapia Intensiva Neonatalpt_BR
dc.subject.keywordEnfermagem Neonatalpt_BR
dc.subject.keywordConhecimentos, Atitudes e Prática em Saúdept_BR
dc.subject.keywordDesenvolvimento Infantilpt_BR
dc.contributor.membersAlves, Valdecyr Herdy-
dc.contributor.membersTassinari, Wagner de Souza-
dc.contributor.membersOliveira, Isabel Cristina dos Santos-
dc.contributor.membersSouza, Tânia Vignuda de-
dc.contributor.membersPaiva, Eny Dórea-
dc.contributor.membersMoraes, Juliana Rezende Montenegro Medeiros de-
dc.degree.leveldoutoradopt_BR
dc.creator.affilliationUniversidade Federal Fluminense. Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa. Niterói, RJpt_BR
dc.subject.descriptorTerapia Intensiva Neonatalpt_BR
dc.subject.descriptorEnfermagem Neonatalpt_BR
dc.subject.descriptorConhecimentos, Atitudes e Prática em Saúdept_BR
dc.subject.descriptorDesenvolvimento Infantilpt_BR
dc.subject.descriptorCuidado do Lactentept_BR
dc.subject.keywordotherInfant Carept_BR
dc.subject.keywordotherIntensive Carept_BR
dc.subject.keywordotherNeonatalpt_BR
dc.subject.keywordotherNeonatal Nursingpt_BR
dc.subject.keywordotherHealth Knowledge, Attitudes, Practicept_BR
dc.subject.keywordotherChild Development (Brazil)pt_BR
dc.description.abstractotherTechnological advances have brought greater possibilities of survival to the newborn, especially the premature and low birthweight ones, which increased the length of stay and early exposure to the sensory experience in the Neonatal Intensive Care Unit environment, with its bright lights, high noise levels, frequent interventions of excessive handling, multiple and repetitive painful procedures, which may exert deleterious effects on the immature brain and subsequently change its development. The nurse has a great responsibility to promote care strategies so to minimize adverse events in the stressful environment of the Neonatal Intensive Care Unit for protection and support to the early neurobehavioral development of the premature. The developmental care as a humanized care strategy to newborns, their parents and family, respecting its singularities, is inserted in the Standard for Humane Care Infant, Low Birthweight - Kangaroo. Thus, this study aimed to: Identify knowledge and practices of nurses in developmental care for the newborn at risk in neonatal units in Rio de Janeiro; Describe the actions of nurses in developmental care for the newborn at risk in neonatal units in Rio de Janeiro; Analyze the care given to newborns at risk by nurses in accordance to the guidelines of public health policies aimed at developmental care. Quantitative, census, sectional and Survey type studies, using the KAP method (Knowledge, Attitude & Practices), conducted in 10 neonatal units that are references for the care of newborns at risk in the city of Rio de Janeiro. The sample was of 111 nurses. A self-administered questionnaire was used on Lickert type. Data was analyzed using the statistical program R, presented in descriptive statistics in simple percentage, mean and confidence intervals (CI). Results show that neonatal nurses have knowledge of developmental care, an attitude that is currently in transition from the biomedical model to the humanistic model, and a practice where developmental care is not fully implemented, with barriers related to professionals´ own resistance, difficulties of structural, organizational, human and material resources. It is concluded that there is a need for adjustment regarding the number of neonatal beds and management support in direct and indirect levels for the implementation of developmental care, as well as permanent education for professionals involved in the care of newborns at risk and their families in neonatal units. With regards to the professional nursing practice, this study may contribute to strengthen the role of nurses in the care of newborns at risk and their families and to serve as a starting point for future research using the knowledge, actions and practices of neonatal nurses regarding to developmental care in the city of Rio de Janeiro. And as for the units surveyed on this study, proper training is recommended to allow an effective implementation of developmental care.pt_BR
dc.identifier.vinculationProfessorpt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.degree.departmentEscola de Enfermagem Anna Nerypt_BR
dc.degree.programPrograma de Pós-Graduação em Enfermagempt_BR
dc.degree.date2014-
dc.degree.localRio de Janeiro, RJpt_BR
dc.publisher.departmentNiteróipt_BR
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/2694492596166708pt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/0082487176176434pt_BR
dc.contributor.membersLatteshttp://lattes.cnpq.br/5447343127674320pt_BR
dc.contributor.membersLatteshttp://lattes.cnpq.br/3648148709641027pt_BR
dc.contributor.membersLatteshttp://lattes.cnpq.br/2385165506573501pt_BR
dc.contributor.membersLatteshttp://lattes.cnpq.br/5230887092126887pt_BR
dc.contributor.membersLatteshttp://lattes.cnpq.br/8588728051065739pt_BR
dc.contributor.membersLatteshttp://lattes.cnpq.br/0082487176176434pt_BR
dc.description.physical218fpt_BR
Appears in Collections:EEAAC - Produção Docente - Teses - Niterói

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Maria Estela Diniz Machado_TESE.pdf5.88 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.