Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/12591
Title: EFICÁCIA TERAPÊUTICA DOS ANTIPARASITÁRIOS INTESTINAIS – REVISÃO BIBLIOGRÁFICA DOS ÚLTIMOS 10 ANOS
Authors: Belloti, Célia Maia Fragoso
metadata.dc.contributor.advisor: Caseca, Aline Cardoso
Issue Date: 20-Dec-2019
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Belloti, Célia Maia Fragoso. EFICÁCIA TERAPÊUTICA DOS ANTIPARASITÁRIOS INTESTINAIS - REVISÃO BIBLIOGRÁFICA DOS ÚLTIMOS 10 ANOS. 2019. 72f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biomedicina)-Universidade Federal Fluminense, Instituto de Saúde de Nova Friburgo, Nova Friburgo, 2019.
Abstract: As parasitoses intestinais constituem grave problema de saúde pública em países pobres e em desenvolvimento. Devido aos seus sintomas possuem grande capacidade de debilitar a população, através de diarreias crônicas e desnutrição. Chegam a atingir mais de um em cada três indivíduos da população mundial. Essas doenças são consideradas negligenciadas pois atingem em sua grande maioria populações de baixa renda. O presente estudo tem como objetivo analisar os trabalhos publicados nos últimos 10 anos, de 2009 até 2018, evidenciando as consequências do uso indiscriminado dos antiparasitários, como falha terapêutica, desenvolvimento de mecanismos de resistência e a ocorrência de efeitos adversos. Nesse trabalho podemos conhecer os principais fármacos utilizados contra essas enfermidades e entender um pouco sobre seus mecanismos de ação. Os resultados dos estudos analisados destacam a necessidade de novas abordagens e estratégias inovadoras, como a descoberta de novos medicamentos, novos métodos diagnósticos com maior sensibilidade e especificidade, para que essas enfermidades tenham seus níveis de infecção diminuidos principalmente nos países em desenvolvimento.
metadata.dc.description.abstractother: Intestinal parasitosis is a serious public health problem in poor and developing countries. Due to their symptoms they have a great capacity to debilitate the population through chronic diarrhea and malnutrition. They reach more than one in three individuals in the world population. These diseases are considered neglected because they mostly affect low-income populations. The present study aims to analyze the studies published in the last 10 years, from 2009 to 2018, highlighting the consequences of indiscriminate use of antiparasitics, such as therapeutic failure, development of resistance mechanisms and the occurrence of adverse effects. In this work we can know the main drugs used against these diseases and understand a little about their mechanisms of action. The results of the analyzed studies highlight the need for new approaches and innovative strategies, such as the discovery of new drugs, new diagnostic methods with greater sensitivity and specificity, so that these diseases have their infection levels decreased, especially in developing countries.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/12591
Appears in Collections:CGB - Trabalhos de Conclusão de Curso - Nova Friburgo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Célia Maia Fragoso Belloti.pdfBellotiCMF1.78 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons