Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/12634
Title: A educação permanente como uma condição para a humanização e valorização da vida no campo da saúde
Authors: Ruback, Adriana Chaves de Oliveira
metadata.dc.contributor.advisor: Mello, Maristela Barenco Corrêa de
metadata.dc.contributor.members: Lacerda, Mitsi Pinheiro de
Honorato, Carlos Eduardo de Moraes
Issue Date: 2017
Abstract: O presente estudo pretende compreender como o coletivo de trabalhadores da Secretaria Municipal de Saúde de São Sebastião do Alto/RJ se apropriou do conceito de Educação Permanente em Saúde, transformando-o em uma condição de humanização no campo da saúde e na valorização da vida, enfim no fortalecimento do Sistema Único de Saúde. Para isso tomo a prática de cuidado no campo do trabalho em Saúde, no Sistema Único de Saúde, e os desafios surgidos no cotidiano, como campo fértil de possibilidades de produção de outras práticas e experiências, a partir do seguinte questionamento: os trabalhadores de saúde, enquanto “educadores”, construíram conceitos para a prática da Educação Permanente, numa ação relacional de cuidado, em busca do fortalecimento do protagonismo do usuário? O objetivo desta pesquisa é avaliar também, se a educação permanente de fato melhorou a qualidade de atenção à saúde dos usuários, interferindo no acolhimento, na relação entre os profissionais e os usuários e entre os pares. Entre outras coisas desejamos entender o cotidiano dos serviços de saúde como um espaço contínuo de ensino/aprendizagem, onde os conhecimentos se entrelaçam em buscas de saídas originais e possíveis para a invenção da vida. A pesquisa é uma cartografia das práticas de educação permanente no Sistema Único de Saúde de São Sebastião do Alto/RJ. Um dos caminhos da pesquisa é a experiência do colegiado dos Coordenadores de Programas Municipal de Saúde, que funcionou de 2000 a 2013, retomando suas atividades em 2016, para compreender como estes trabalhadores se apropriaram dos conceitos de educação permanente nesta experiência, e quais desdobramentos foram apresentados. Outro caminho da pesquisa é refletir sobre as práticas de cuidado cotidianas dos trabalhadores da saúde, na policlínica municipal de São Sebastião do Alto/RJ, acompanhando e investigando o processo de educação permanente no grupo de gestantes no Pré-Natal.
metadata.dc.description.abstractother: The present study intends to understand the collective of workers of the Municipal Health Department of São Sebastião do Alto/RJ appropriated the concept of Permanent Education in Health, transforming it into a strategy of humanization in the health field and in the valorization of life, in order to strengthen the System Health. Taking the practice of care in the field of health work in the Unified Health System, and the challenges that arise in the daily life, as a fertile field of possibilities of production of other practices and experiences, from the following question: health workers, while "Educators", have constructed tools for the practice of Permanent Education, as a relational action of care, in search of strengthening the protagonism of the user? The goal of this research is also to evaluate if the permanent education has actually improved the quality of health care of the users, interfering in the reception, the relationship between professionals and users and between the peers. Among other things we wish understand the daily life of health services as a continuous space of teaching / learning, where knowledge is intertwined in search of original and possible outputs for the invention of life. The research is a cartography of the practices of permanent education in the Unified Health System of São Sebastião do Alto/RJ. One of the ways of the research is the experience of the collegiate of Municipal Health Program Coordinators, which ran from 2000 to 2013, resuming its activities in 2016, to understand how these workers appropriated the concepts of permanent education in this experience, and what developments were introduced. Another path of the research will be to reflect about the daily care practices of health workers in the municipal polyclinic of São Sebastião do Alto/RJ, following and investigating the process of permanent education in the group of pregnant women of prenatal care.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/12634
Appears in Collections:PPGES - Dissertações - Santo Antônio de Pádua

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ADRIANA-CHAVES-DE-OLIVEIRA-RUBACK (1).pdf1.1 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons