Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/12643
Title: Efeitos da suplementação de castanha-do-brasil (bertholletia excelsa h.b.k.) na expressão de nrf2 e nf-b em pacientes com doença arterial coronariana
Authors: Barbosa, Jaqueline Ermida
metadata.dc.contributor.advisor: Cardozo, Ludmila Ferreira Medeiros de França
metadata.dc.contributor.advisorco: Pinto, Milena Barcza Stockler
metadata.dc.contributor.members: Mafra, Denise
Ayres, Natália Galito Rocha
Leal, Viviane de Oliveira
Borges, Natália Alvarenga
Issue Date: 2017
Citation: BARBOSA, Jaqueline Emida. Efeitos da suplementação de castanha-do-brasil (bertholletia excelsa h.b.k.) na expressão de nrf2 e nf-b em pacientes com doença arterial coronariana. 2017. 80 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Cardiovasculares) - Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2017.
Abstract: Introdução: O estresse oxidativo (EO) está presente tanto na etiologia quanto na progressão da doença arterial coronariana (DAC) induzindo a inflamação por vários mecanismos, incluindo a ativação do fator nuclear de transcrição kappa B (NF-B). O fator nuclear eritróide 2 relacionado ao fator 2 (Nrf2) surgiu como um fator protetor que modula a cascata anti-inflamatória através da inibição de NF-B e regula a expressão de genes dos elementos de resposta antioxidante (ARE). Estudos mostram que a castanha-do-Brasil é capaz de modular e ativar o Nrf2 e reduzir a expressão do NF-B melhorando a resposta antioxidante do organismo. Objetivo: aliar a e press o de r 2, NF-B e NAD (P) H: quinona oxiredutase 1 (NQO1) ap s a suplemen a o de cas an a-do-Brasil em pacientes com DAC. Métodos: Participaram do estudo 41 pacientes com DAC com idade de 63,5±7,2 anos, sendo 51,2% do sexo masculino e 48,8% do sexo feminino. Os pacientes foram randomizados em dois grupos: um grupo de pacientes recebeu uma castanha-do-Brasil diariamente (n=25) durante três meses e o grupo controle (n=16) não recebeu suplementação durante três meses. Antes e após três meses de suplementação foram determinadas análises bioquímicas, incluindo o perfil lipídico, através de kits Bioclin®, dos fatores de transcrição através da análise da reação da cadeia de polimerase quantitativo em tempo real (qPCR) para o Nrf2, NF-B e NQO1. Foram avaliados também o índice de massa corporal (IMC) e a pressão arterial. Resultados: A suplementação com uma castanha-do-Brasil durante três meses promoveu diminuição significativa nos níveis de colesterol total (CT) (166,0±48,3 mg/dL vs 145,9±30,2 mg/dL; p=0,04) e aumentou a expressão do fator Nrf2 (0,96±0,33 vs 1,43±0,67; p=0,01) e NQO1 (0,70 (0,17-1,87) vs 1,35 (0,62-3,96); p=0,02), enquanto o grupo controle não mostrou alterações nestes parâmetros. Não foi verificada alteração na expressão do NF-B em ambos os grupos. Conclusão: Esses dados sugerem que o consumo de apenas uma castanha-do-Brasil por dia durante três meses foi eficaz na modulação da expressão de Nrf2 e NQO1, assim como reduziu os níveis de CT em pacientes com DAC
metadata.dc.description.abstractother: Introduction: Oxidative stress (EO) is present both in the etiology and in the progression of coronary artery disease (CAD) inducing inflammation by several mechanisms, including the activation of nuclear factor kappa B transcription (NF-B). Factor 2-related nuclear factor 2 (Nrf2) has emerged as a protective factor that modulates the anti-inflammatory cascade by inhibiting NF-B and regulates the expression of the antioxidant response element (AER) genes. Studies have shown that Brazil nuts are able to modulate and activate Nrf2 and reduce NF-B expression by improving the body's antioxidant response. Objective: To evaluate the expression of Nrf2, NF-B and NAD (P) H: quinone oxireductase 1 (NQO1) after Brazil nut supplementation in patients with CAD. Methods: A total of 41 patients with CAD were enrolled in the study, aged 63.5 ± 7.2 years, 51.2% male and 48.8% female. Patients were randomized into two groups: one group of patients received a Brazil nut daily (n = 25) for three months and the control group (n = 16) received no supplementation for three months. Before and after three months of supplementation, biochemical analyzes were performed, including the lipid profile, through Bioclin® kits, of the transcription factors through quantitative real-time polymerase chain reaction (qPCR) analysis for Nrf2, NF-B and NQO1. Body mass index (BMI) and blood pressure were also evaluated. Results: Three-month supplementation with Brazil nuts promoted a significant decrease in total cholesterol (TC) levels (166.0 ± 48.3 mg / dL vs. 145.9 ± 30.2 mg / dL, p = 0.04) and increased expression of factor Nrf2 (0.96 ± 0.33 vs 1.43 ± 0.67, p = 0.01) and NQO1 (0.70 (0.17-1.87) vs 1.35 (0.62-3.96), p = 0.02), whereas the control group showed no alterations in these parameters. There was no change in NF-B expression in both groups. Conclusion: These data suggest that the consumption of only one Brazil nut per day for three months was effective in modulating the expression of Nrf2 and NQO1, as well as reducing CT levels in patients with CAD
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/12643
Appears in Collections:PPGC-CV - Dissertações - Niterói

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JAQUELINE ERMIDA BARBOSA DISSERTAÇÃO.pdf1.3 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons