Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/12665
Title: Uso de inibidores da bomba de prótons na progressão da doença renal crônica: um estudo retrospectivo
Authors: Morschel, Carine Franco
metadata.dc.contributor.advisor: Mafra, Denise
metadata.dc.contributor.advisorco: Eduardo, José Carlos Carraro
metadata.dc.contributor.members: Gismondi, Ronaldo Altenburg Odebrecht Curi
Ramos, Rodrigo Felippe
Pinto, Milena Barcza Stockler
Issue Date: 2019
Citation: MORSCHEL, Carine Franco. Uso de inibidores da bomba de prótons na progressão da doença renal crônica: um estudo retrospectivo. 2019. 60 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Médicas) - Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2019.
Abstract: Os inibidores da bomba de prótons (IBPs) podem induzir nefrite intersticial aguda e diminuir a taxa de filtração glomerular estimada (TFGe), levando à lesão renal aguda e até mesmo à doença renal crônica (DRC). De fato, recentes estudos têm associado o uso de IBPs ao desenvolvimento e progressão da DRC. Para verificar se há correlação entre utilização de IBPs e risco de progressão da DRC, analisamos retrospectivamente os dados sociais, laboratoriais e clínicos de pacientes atendidos no ambulatório de nefrologia do Hospital Universitário Antônio Pedro (HUAP-UFF). Os pacientes com TFGe entre 89 e 15mL/min/1,73m2 foram divididos em dois grupos: usuários e não usuários de IBPs. Os prontuários dos pacientes e todas as consultas realizadas durante janeiro/2017 a abril/2018 foram analisadas, sendo coletados os dados de 183 pacientes, onde 112 utilizavam IBP e 72 não. As características gerais dos pacientes foram semelhantes nos dois grupos. Os usuários de IBPs eram mais obesos, utilizavam mais estatinas e anti-hipertensivos. Os marcadores tradicionais de progressão da DRC foram analisados entre os grupos e não foram encontradas diferenças significativas. Houve tendência na redução em mais de 3mL/min/1,72m2 na TFGe anual no grupo que utilizou IBPs quando comparado aos pacientes que não usavam (p= 0,068). Para a Razão da Albumina/Proteína urinária, valores menores que 0,25 apresentaram razões de chances maiores (OR) para o grupo que utilizou IBPs (2,349, IC 95% -1,201 - 4,595, p 0,013). Apesar de não encontrar associação entre a utilização IBPs e a progressão da DRC, verificamos inclinação para progressão mais rápida da DRC em usuários de IBPs, quando essa foi avaliada pela TFGe anual
metadata.dc.description.abstractother: Proton pump inhibitors (PPIs) may induce acute interstitial nephritis (AIN) and decrease the estimated glomerular filtration rate (eGFR) and may lead to acute kidney injury (AKI) and even, the developing chronic kidney disease (CKD). In fact, studies have shown that use of PPIs is associated with development and progression of CKD. To verify whether there is some correlation between the use of PPIs and risk of CKD progression, we retrospectively analyzed the social, laboratory and clinical data of patients treated at the nephrology outpatient clinic of Antônio Pedro University Hospital (HUAP-UFF). CKD patients (eGFR-89 to 15mL/min/1.73m2) were divided into two groups: users and nonusers of PPIs. The medical records of patients who were attended during January/2017 to April/2018 were analyzed. Data from 183 patients were collected (112 users and 72 nonusers). The baseline characteristics of the two groups were similar. PPIs users were more obese, used more statins and antihypertensives. Traditional markers of CKD progression were analyzed between groups and no significant differences were found. There was a tendency to reduce more than 3mL/min/1.72m2 per year in the group using PPIs (p=0.068). According to urinary Albumin/Protein Ratio, the value 0.25 presented the highest odds ratio in PPIs group (OR, 2.349; 95% CI 1.201-4.595, p=0.013). In conclusion, we did not observe any association between PPI use and CKD progression, however we found inclination for faster CKD progress in PPI users when assessed by the annual eGF
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/12665
Appears in Collections:PPGCM - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Carine-final .pdf2.43 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons