Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/12676
Title: AVALIAÇÃO TRIDIMENSIONAL DO PREPARO DE CANAIS OVAIS DE DENTES HOMÓLOGOS COM EMPREGO DOS SISTEMAS TRUSHAPE E RECIPROC
Authors: LUDMILA DA SILVA, GUIMARÃES
metadata.dc.contributor.advisor: Gomes, Cinthya Cristina
Provenzano, José Cláudio
metadata.dc.contributor.members: GOMES, CINTHYA CRISTINA
FILHO, WANTUIL RODRIGUES ARAÚJO
ALVES, FLÁVIO RODRIGUES FERREIRA
Issue Date: 2016
Abstract: O objetivo deste estudo foi comparar o aumento de volume e área, utilizando a microtomografia computadorizada, antes e após a instrumentação e modelagem dos canais radiculares, utilizando dois diferentes sistemas de níquel titânio, TRUShape (Dentsply Tulsa Dental Specialties, Tulsa, OK, USA) e Reciproc (VDW, Munich, Germany). O estudo foi desenhado para testar a hipótese nula de que ambos os sistemas utilizados para a instrumentação endodôntica promovem uma modelagem eficaz dos canais radiculares ovalados. Treze pares homólogos de prémolares inferiores de conduto único e formato oval, recém extraídos, foram selecionados e divididos em 2 grupos: TRUShape (n=13) e Reciproc (n=13). Foram incluídos apenas os pares idênticos de canais radiculares ovais pertencentes ao mesmo indivíduo. Os critérios de exclusão foram: prémolares inferiores com 2 ou mais condutos, prémolares com necrose pulpar, cárie radicular e grau de curvatura classe III. O tamanho apical final correspondeu a lima 40/.06v para o sistema TRUShape e R40 (40.06) para o sistema Reciproc. Um scanner de microtomografia computadorizada foi utilizado para a avaliação do aumento de volume e área antes e após a instrumentação. Os testes não paramétricos Mann-Whitney e Wilcoxon para amostras pareadas foram utilizados. Não houve diferença estatisticamente significante no volume e área antes do preparo entre os grupos testados (p>0,05). Ambos os sistemas forneceram um aumento significativo de volume e área nos canais radiculares (p<0,05). Não houve diferença estatisticamente significante para o aumento de volume e área (p>0,05) entre os sistemas endodônticos utilizados, quando analisados em 10 mm e 4 mm do forame apical. Em relação a porcentagem de área não preparada pelos instrumentos em 10 mm do forame apical, houve uma diferença estatisticamente significante (p<0,05). Reciproc apresentou 30,40% de área não tocada enquanto o sistema TRUShape, 24,11%. Em 4 mm, não houve diferença estatisticamente significante na porcentagem de área não tocada (p>0,05). Reciproc resultou em 24,6% e TRUShape 19,8% de área não preparada. Os dois sistemas endodônticos testados comportaram-se de forma semelhante em relação ao aumento de volume e área. Nenhum sistema foi capaz de tocar em todas as paredes dos canais ovalados, sendo que o sistema TRUShape apresentou maior área tocada do que o sistema Reciproc em 10mm aquém do forame apical.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/12676
Appears in Collections:PPGO - ISNF - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Ludmila Guimarães.pdf2.56 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.