Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/12714
Title: Efeitos da suplementação com castanha-do-brasil (bertholletia excelsa h.b.k.) sobre o perfil lipídico e o risco aterogênico em pacientes com doença arterial coronariana
Authors: Silva, Ana Carla Tavares da
metadata.dc.contributor.advisor: Pinto, Milena Barcza Stockler
metadata.dc.contributor.advisorco: Cardozo, Ludmila Ferreira Medeiros de França
metadata.dc.contributor.members: Pinto, Milena Barcza Stockler
Leal, Viviane de Oliveira
Ayres, Natália Galito Rocha
Borges, Natália Alvarenga
Issue Date: 2017
Citation: SILVA, Ana Carla Tavares da. Efeitos da suplementação com castanha-do-brasil (bertholletia excelsa h.b.k.) sobre o perfil lipídico e o risco aterogênico em pacientes com doença arterial coronariana. 2017. 91 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Cardiovasculares) - Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2017.
Abstract: INTRODUÇÃO: As doenças cardiovasculares (DCV) são as principais causas de morte no Brasil, sendo a doença arterial coronariana (DAC) uma das principais causas de morte e incapacidade. A hiperlipidemia é considerada um fator de risco cardiovascular importante para DCV, contribuindo para a oxidação da lipoproteína de baixa densidade (LDL-c), causada pelo estresse oxidativo presente na DAC. Vários estudos demonstraram o efeito benéfico do consumo de oleaginosas na DAC,, através da redução do colesterol total (CT) e do LDL-c. Estudos recentes demonstraram que a suplementação de castanha-do-Brasil é capaz de melhorar o perfil lipídico em indivíduos com doenças crônicas não transmissíveis. OBJETIVOS: Avaliar os efeitos da suplementação com castanha-do-Brasil sobre o perfil lipídico e risco aterogênico em pacientes com DAC. MÉTODOS: Quarenta e dois pacientes (63,5±7,2 anos) do Rio de Janeiro, Brasil, foram estudados. Os pacientes foram randomizados em dois grupos: um grupo de pacientes recebeu uma castanha-do-Brasil diariamente (n=25) durante três meses e o grupo controle (n=17) não recebeu suplementação durante três meses. A análise da dieta, medidas antropométricas e bioquímicas, foram determinadas antes e após três meses de suplementação, incluindo o perfil lipídico, através de kits Bioclin®, risco aterogênico, após cálculo dos Índices de Castelli I e II e peroxidação lipídica, estimada pela determinação de substâncias reativas ao acido tiobarbitúrico. RESULTADOS: A suplementação com uma castanha-do-Brasil durante três meses, promoveu diminuição significativa nos níveis de CT e LDL-c (p=0,04; p=0,04, respectivamente), enquanto o grupo controle não mostrou alterações nestes parâmetros. Além disso, a suplementação com castanha-do-Brasil melhorou o risco aterogênico, calculado pelo índice de Castelli I (p=0,03) e o estresse oxidativo, diminuindo a peroxidação lipídica (p=0,04). CONCLUSÃO: Esses dados sugerem que o consumo de apenas uma castanha-do-Brasil por dia durante três meses foi eficiente em reduzir os níveis de colesterol total, LDL-c, risco aterogênico de peroxidação lipídica em pacientes com DAC
metadata.dc.description.abstractother: INTRODUCTION: Cardiovascular diseases (CVD) are the main causes of death in Brazil, being the coronary arterial disease (CAD) a major cause of death and disability. The hyperlipidemia is considered an important cardiovascular risk factor, contributing to the oxidation of low density cholesterol (LDL-c), caused by the oxidative stress present in CAD. Several studies have demonstrated the beneficial effect of nuts consumption in CAD, by reducing total cholesterol (TC) and low density lipoprotein cholesterol (LDL-c). Recent studies have demonstrated that Brazil nuts supplementation is able to improve the lipid profile in individuals with chronic non-communicable diseases. OBJECTIVES: To evaluate the effect of Brazil nut supplementation on the lipid profile and atherogenic risk in CAD patients. METHODOLOGY: Forty-two patients (63,4±7,2 years) from Rio de Janeiro, Brazil were studied. The patients were randomized in two groups: One group of patients received one nut daily (n=25) during three months, and the control group (n=17) did not receive any supplementation during three months. The diet analysis, anthropometric and biochemical measures, were determined before and after three months of supplementation, including the lipid profile, using Bioclin® kits, atherogenic risk, after calculating the Castelli I and II indexes and lipid peroxidation, estimated by determination of thiobarbituric acid reactive substances. RESULTS: The supplementation with one Brazil nut promoted a significantly decreased in TC and LDL-c levels after three months supplementation (p=0.04; p=0.04, respectively) while the control group did not shown any changes in this parameters. Furthermore, the Brazil nut supplementation improved the atherogenic risk, calculated by the Castelli Index I (p=0.03) and the oxidative stress, by decreasing the lipid peroxidation (p=0.04). CONCLUSION: These data suggest that the consumption of only one Brazil nut per day during three months was effective to reduce the TC, LDL-c, atherogenic risk and lipid peroxidation in CAD patients
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/12714
Appears in Collections:PPGC-CV - Dissertações - Niterói

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ANA CARLA TAVARES DA SILVA DISSERTAÇÃO.pdf2.13 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons