Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/12735
Title: Trabalhadores operários em construção: as (in) visibilidades constituídas nas/pelas práticas discursivas de natureza extensionista
Authors: Pacheco, Hasla De Paula
metadata.dc.contributor.advisor: Daher, Maria Del Carmen
metadata.dc.contributor.advisorco: Giorgi, Maria Cristina
metadata.dc.contributor.members: França, Maristela Botelho
Almeida, Fábio Sampaio de
Soares, Leôncio José Gomes
Diez, Xoán Carlos Lagares
Issue Date: 22-Jan-2020
Abstract: Concebemos a formação do trabalhador em estreita relação com o mundo do trabalho, haja vista os embates proporcionados entre a lógica educativa de adaptação às necessidades da economia liberal e a lógica de uma formação como desenvolvimento das capacidades humanas para atuar em uma sociedade complexa. Diante desse cenário, a presente tese, inscrita nos estudos da Análise do Discurso de base enunciativa, objetiva analisar como se deu a construção discursiva do “não” perfil do trabalhador operário da construção civil, inserido no espaço das instituições federais de ensino superior, fora do âmbito da Educação básica. Para tanto, são analisados os editais do processo seletivo para concorrer às vagas em cursos de capacitação da área da construção civil, ofertados por duas ações, que a nosso ver, apresentam caráter extensionista, a saber: o “Programa de Estudos em Engenharia, Sociedade e Tecnologia” (PROGEST-CEFET/MG) e o “Projeto de qualificação de mão de obra” (CIPMOI/UFMG). Esses editais de seleção compõem o corpus desta pesquisa e para analisá-los, levamos em consideração a teoria da Semântica Global (MAINGUENEAU, 2008), em diálogo com noções de polifonia e fenômeno da negação em Ducrot (1987), além das referências sobre a extensão, tratados por Freire (1983), Rocha (1984), Nogueira (2005, 2000); Gurgel (1986) e Carbonari e Pereira (2007). Partimos do pressuposto de que o estudo discursivo por meio de gêneros discursivos nos permite não apenas “conhecer” os lugares em que se produzem, mas também localizar as regularidades enunciativas que indicam os efeitos de sentido produzidos, bem como revelam os modos de produção das subjetividades que emergem desses efeitos. Com base nas análises, consideramos que os editais analisados estão imbricados por representações exógenas, construindo endogenamente um “não” perfil operário a partir do que é demandado pelos cursos de capacitação de natureza extensionista em interlocução com o mundo do trabalho. Reconhecemos que a partir dessas regularidades, que se manifestaram de modo particular, há uma reconfiguração do gênero discursivo analisado depreendido pelo simulacro do “Edital clássico”. Um novo modo de ser deste gênero discursivo, que constitui a cenografia de um “Edital às avessas”. O trabalho com o corpus mostrou-nos que a constituição discursiva do CIPMOI e do PROGEST no espaço da extensão universitária e tecnológica produziram duas formas distintas de atuação na qualificação profissional e, a partir delas, diferentes maneiras de atuação na Extensão, permitindo-nos compreender como as subjetividades dos operários do canteiro de obras da Construção Civil são produzidas por essas práticas discursivas
metadata.dc.description.abstractother: We conceive the worker’s training as being in close relation with the world of work, considering the clashes between the educational logic of adaptation to the needs of the liberal economy, and the logic of atraining as a development of human capacities in order to act in a complex society. In view of this scenario, the present thesis, integrated with the studies of French Discourse Analysis, aims to analyze how the discursive construction of the “non” profile of the labor worker - inserted in the space of federal institutions of higher education, outside the scope of basic Education - took place. For that reason, we analyze the public notices for the selection process to compete for vacancies in training courses in the construction area, offered by two actions, which in our view, present an extensionist character, namely: the "Program of Studies in Engineering, Society and Technology" (PROGEST-CEFET/MG) and the "Labor Qualification Project"(CIPMOI/UFMG). These selection public notices make up the corpus of this research and in order to analyze them, we take into account the theory of Global Semantics (MAINGUENEAU, 2008), in dialogue with notions of polyphony and phenomenon of negation in Ducrot (1987), in addition to the references on the extension, treated by Freire (1983), Rocha (1984), Nogueira (2005, 2000); Gurgel (1986) and Carbonari and Pereira (2007). We assume that the discursive study through discursive genre allows us not only to "acknowledge" the places in which they are produced, but also to locate the enunciative regularities that indicate the effects of meaning that are produced, as well as revealing the modes of production of subjectivities that emerge from these effects. Based on the analyses, we consider that the notices analyzed are intertwined by exogenous representations, developing exogenously a “non” worker profile from what is demanded by the training courses of an extensionist nature in dialogue with the world of work. We recognize that from these regularities, which manifested themselves in a way, there is a reconfiguration of the analyzed discursive genre comprehended by the simulacrum of the "Classical Notice”. A new way of this discursive genre, which constitutes the scenography of an "Averse notice". The work with the corpus showed us that the discursive constitution of CIPMOI and PROGEST in the space of university and technological extension, produced two distinct forms of professional qualification and, from them, different ways of acting in the Extension, allowing us to understand how the subjectivities of construction site workers are produced by these discursive practices
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/12735
Appears in Collections:POSLING - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese Doutorado Estudos de Linguagem Hasla Pacheco.pdf2.24 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.