Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/12742
Title: Contato e desenvolvimento da presença na interação com usuários de serviços psiquiátricos: contextualização e construção discursiva
Authors: Oliveira, Ernani Coimbra de
metadata.dc.contributor.advisor: Gonçalves, José Carlos
metadata.dc.contributor.members: Carvalho, Simone Medeiros de
Souza, Juliana Brito de
Pereira, Sandra de Souza
Almeida, Luciana Maria de Freitas de
Issue Date: 2019
Abstract: Esta pesquisa é uma microanálise sociointeracional do discurso terapêutico em contextos de atenção a usuários de serviços psiquiátricos com apoio da análise etnometodologica da conversa. Cabe o ressalte de que a Análise Etnometodologica da Conversa funciona como auxiliar da sociolinguística interacional, que está elencada nessa estratégia metodológica pelo fato do estudo em tela não estar interessado somente na estrutura dos eventos de fala analisados, mas na sua interpretação e compreensão para os falantes, que constituem e são mutuamente constituídos pela interação, por serem sujeitos dinâmicos da interação. A pesquisa objetiva: descrever a construção discursiva da fala-em-interação na condição face a face entre múltiplos participantes conviventes em um serviço psiquiátrico; analisar nessas interações os recursos linguísticos e discursivos utilizados pelos participantes em uma situação de comunicação em contextos naturais; identificar nas experiências interacionais vivenciadas pelos participantes implicações para consubstanciar a produção de habilidades voltadas à construção e, por conseguinte, manutenção de comportamentos para o desenvolvimento de relacionamento terapêutico positivo em serviços psiquiátricos. Um dispositivo de saúde mental de um município de Minas Gerais foi o cenário deste estudo. Compõem a amostra do estudo, a saber: uma equipe de saúde formada por dois enfermeiros, dois psicólogos, um médico, um farmacêutico, um pedagogo, uma profissional do serviço social, uma terapeuta ocupacional, uma profissional de educação física, quatro trabalhadores de nível médio incluindo técnicos e serviços gerais, três estagiários do curso técnico de enfermagem e três usuários desse serviço. Também foram seguidos os princípios da Análise da Conversa Etnometodológica, com rigor ao modelo de transcrição de Sacks, Schegloff e Jefferson. No âmbito dos eventos interacionais analisados foi possível constatar que embora em entrevistas clínicas tais como estas que serviram de contexto para as análises do estudo em tela, exista um eixo de informações básicas comuns ao interesse de cada profissional de saúde representado na cena interacional, há ainda assim uma necessária diferença em razão da variedade de formações, experiências e perspectivas para o tratamento e porque não assim dizer que seriam definidoras das posições que esses interagentes assumiram em diversos momentos descritos desse contato clínico
metadata.dc.description.abstractother: This research is a sociointerational microanalysis of the therapeutic discourse in contexts of attention to patients in psychiatric services with the support of the ethnomethodological analysis of the conversation. It is worth emphasizing that the Ethnomethodological Analysis of the Conversation functioned as an auxiliary of the interactional sociolinguistics, which is listed in this methodological strategy because the study on screen was not only interested in the structure of the analyzed speech events, but in its interpretation and understanding for the speakers , which constitute and are mutually constituted by interaction, because they are dynamic subjects of interaction. Objective research: To describe the discursive construction of speech-in-interaction in the face-to-face condition among multiple participants living in a psychiatric service; To analyze in these interactions the linguistic and discursive resources used by the participants in a situation of natural communication in context; Identify in the interactions experiences experienced by the participants implications to substantiate the production of skills aimed at the construction and, therefore, maintenance of behaviors for the development of positive therapeutic relationship in psychiatric services. A mental health device of a municipality of Minas Gerais was the scenario of this study. The sample consists of a health team of two nurses, two psychologists, a doctor, a pharmacist, a pedagogue, a social work professional, an occupational therapist, a physical education professional, eight level workers including technicians and general services, seven trainees of the nursing technical course and four users of this service. The principles of Ethnomethodological Conversation Analysis were also followed, with rigor to the transcription model of Sacks, Schegloff and Jefferson. In the context of the interactional events analyzed, it was found that although in clinical interviews such as these that served as context for the analysis of the study in question, there is an axis of basic information common to the interest of each health professional represented in the interactional scene, there is still thus a necessary difference due to the variety of training, experiences and perspectives for treatment and why not to say that they would define the positions that these interactors assumed at various described moments of this clinical contact
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/12742
Appears in Collections:POSLING - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TESE versão final Ernanii.pdf1.56 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.