Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/12768
Title: Avaliação da redução do tempo de internação e da exposição à radiação e avaliação do impacto clínico do protocolo de Cintilografia de Perfusão Miocárdica “estresseisolado” comparado com o protocolo convencional estresserepouso: estudo prospectivo e meta-análise
Authors: Oliveira, Aline Ribeiro Nogueira de
metadata.dc.contributor.advisor: Mesquita, Claudio Tinoco
metadata.dc.contributor.members: Mesquita, Claudio Tinoco
Maliska, Carmelindo
Martins, Wolney de Andrade
Thomaz, Tânia Gouvêa
Villacorta Junior, Humberto
Issue Date: 2013
Citation: OLIVEIRA, Aline Ribeiro Nogueira de. Avaliação da redução do tempo de internação e da exposição à radiação e avaliação do impacto clínico do protocolo de Cintilografia de Perfusão Miocárdica “estresse-isolado” comparado com o protocolo convencional estresse-repouso: estudo prospectivo e meta-análise. 2013. 72 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Cardiovasculares) - Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2013.
Abstract: Introdução: A Cintilografia de Perfusão Miocárdica (CPM) é o método diagnóstico não-invasivo mais acurado para detecção de DAC obstrutiva e para avaliação prognóstica em curto prazo. Uma das principais aplicações da CPM é a identificação de pacientes de risco que são atendidos nas Unidades de Emergência (UE) com dor torácica. Desde o inicio de sua prática a CPM não sofreu alterações significativas no seus protocolos e nos últimos anos têm sido questionado a necessidade da realização da fase de repouso nos pacientes que tem a fase de estresse normal do ponto de vista perfusional e de contratilidade. Com as atuais preocupações com custos dos exames, tempo de internação e exposição à radiação, há um interesse crescente no protocolo “estresse-isolado”. Não há na literatura registros de meta-análise sobre valor prognóstico do protocolo de CPM “estresse-isolado” bem como estudo prospectivo com pacientes exclusivos da UE. Objetivo: Avaliar, através de estudo prospectivo e meta-análise, a redução do tempo de internação, a redução da exposição à radiação e o impacto clínico do protocolo de CPM “estresse isolado” comparado com o protocolo convencional estresse-repouso. Métodos: 1) Meta-análise: Análise estatística de cinco artigos selecionados através da Revisão Sistemática da literatura, que fizeram avaliação prognóstica do protocolo “estresse-isolado” comparando-o com o protocolo estresse repouso; 2) Estudo prospectivo: Análise prognóstica do protocolo “estresse isolado” das CPMs de pacientes admitidos na UE do Hospital Pró-cardíaco, com sintomas sugestivos de DAC e estratificados em risco baixo a moderado. Resultados: 1) Prospectivo: foram estudados 14 pacientes. Mostrou-se redução de 50% (p=0,005) no tempo de permanência dos pacientes na UE e uma redução de 70,6% (p<0,001) na exposição à radiação. Não houve relato de eventos cardiovasculares ou morte no período de seguimento (180 dias), 2) Meta-análise: a estatística I2 mostrou homogeneidade entre os grupos (I2 = 11,76), o gráfico “em floresta” mostrou que não houve diferença significativa entre os dois protocolos (p=0,48) e os gráficos “em funil” mostraram que não houve viés de publicação. Conclusão: Ambos os estudos, meta-análise e estudo prospectivo, mostraram que o protocolo “estresse-isolado” é equivalente ao protocolo convencional (estresse-repouso) quanto à acurácia e segurança
metadata.dc.description.abstractother: Introduction: The Myocardial Perfusion Scintigraphy (MPS) is the noninvasive diagnostic method most accurate for the detection of obstructive Coronary Artery Disease (CAD) and for predicting outcomes in the short-term. One of the main applications of MPS is the identification of patients at risk who are treated in the Emergency Department (ED) with chest pain. Since the beginning of the MPS use, there were no significantly changes in protocols. It has been questioned recently the need of the rest phase in patients who have normal stress phase (perfusion and contractility). With current concerns about costs of examinations, length of stay in ED and radiation exposure, there is a growing interest in the protocol Stress-only. There are no records in the literature of meta-analysis about the prognostic value of stress-only protocol, as well as a prospective analysis with ED patients who had undergone to this protocol. Objective: To assess, through prospective study and meta-analysis, the time permanence reduction in ED, radiation exposure reduction and the clinical impact of Stress-only protocol compared with the conventional protocol (stressrest). Methods: 1) Meta-analysis: Statistical analysis of five articles selected though Systematic Review of the literature, that did prognostic evaluation of the stress-only protocol comparing it to the rest-stress protocol. 2) Prospective study: prognostic analysis of the stress-only protocol in patients admitted to the Pró-Cardíaco ED, with symptoms suggestive of CAD and stratified into low to moderate risk. Results: 1) Prospective study: 14 patients were studied. It was found a 50% (p=0,005) reduction in time of permanence in the ED and a 70.6% (p<0,001) reduction in radiation exposure. There were no reports of cardiovascular events or death in the follow-up period (180 days). 2) Metaanalysis: I2 statistic showed homogeneity between groups (I2 = 11.76), the Forest Plot graphic showed no significant difference between the two protocols (p = 0.48) and the Funnel Plot graphics showed no publication bias. Conclusions: Both studies, meta-analysis and prospective study, showed that the stress-only protocol is similar to the conventional protocol (stress-rest) in safety and accuracy.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/12768
Appears in Collections:PPGC-CV - Dissertações - Niterói

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ALINE ROBEIRO NOGUEIRA DE OLIVEIRA DISSERTAÇÃO.pdf3.02 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons