Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/12990
Title: Análise da eficiência do uso dos recursos públicos nos municípios da região norte fluminense no período de 2011 a 2016
Authors: Barroso, Priscila da Silva
metadata.dc.contributor.advisor: Profeta, Graciela Aparecida
metadata.dc.contributor.members: Profeta, Graciela Aparecida
Ney, Vanuza da Silva Pereira Ney
Campos, Samuel Alex Coelho
Issue Date: 2019
Publisher: Universidade Federal Flumiense
Citation: BARROSO, Priscila da Silva. Análise da eficiência do uso de recursos públicos no município da região norte fluminense no período de 2011 a 2016. 2019. 74 f. Trabalho final de curso (Bacharelado em Ciências Econômicas) - Universidade Federal Fluminense, Instituto de Ciências da Sociedade e Desenvolvimento Regional, Campos dos Goytacazes, 2019.
Abstract: Tem-se observado que a atuação do Estado, de modo geral, não tem sido eficiente em relação à conversão dos recursos públicos em bens e serviços aos cidadãos. Neste sentido, neste trabalho procurou-se mensurar a eficiência do uso dos recursos públicos dos municípios da região norte fluminense no período de 2011 a 2016, sendo que a escolha da região norte fluminense se dá pela sua importância econômica para o estado do Rio de Janeiro e para o Brasil, uma vez que é uma das maiores produtoras de petróleo do país e, portanto, seus municípios são os que mais se beneficiam, em termos de receitas oriundas da extração desse recurso, devido aos repasses dos royalties do petróleo. Como metodologia, utilizou-se da Análise Envoltória de Dados (Data Envelopment Analysis- DEA)Os resultados apontaram que o município que mais teve eficiência foi São Fidélis e logo em seguida São Francisco de Itabapoana, Conceição de Macabu, depois Cardoso Moreira, Campos dos Goytacazes, Macaé, Carapebus, Quissamã e por último tem-se São João da Barra. No geral, os setores de indústria e se serviços são os mais relevantes na economia. Mas infelizmente a agropecuária tem pouca importância em termos de PIB mesmo que possua uma boa parcela de território com a produção de cana de açúcar. Os municipios analisados mostram que o seu PIB per capita entre 2011 e 2016, como exemplo , se tem Campos dos Goytacazes que possuía de PIB per capita em 2013 R$ 122.320,58 enquanto que no ano de 2016 se obteve R$ 35.475,94 se comprovando assim as oscilações que ocorrem devido os municípios perderem pequenas participações no recebimento dos royalties de petróleo. Outro exemplo é o município de Quissamã que demonstrava de PIB per capita o valor de R$257.506,10 em 2012 mas em 2016 chegou ao valor de R$ 43.048,94. Mas teve municipios que mesmo com redução de arrecadação , conseguiu cumprir com seu papel perante a sociedade , como exemplo se pode citar o município de São Fidelis que se manteve em crescimento pois em 2014 era de R$17.946,79 e em 2016 foi de R$ 19.392,35.Logo, observou-se que nem sempre os municípios que recebem, comparativamente, maiores recursos do que os outros, são os que possuem melhores índices de eficiência, demonstrando, assim, fragilidades no tange à gestão pública desses recursos afim de atender às demandas da população e garantir o bem-estar social com desenvolvimento socioeconômico.
metadata.dc.description.abstractother: It has observed that the State's performance, in general, has not been efficient in relation to the conversion of public resources into goods and services for citizens. In this sense, this work sought to measure the efficiency of the use of public resources in the municipalities of the northern region of Rio de Janeiro in the period from 2011 to 2016, and the choice of the northern region of Rio de Janeiro is due to its economic importance for the state of Rio de Janeiro and for Brazil, since it is one of the largest oil producers in the country and, therefore, its municipalities are the ones that benefit the most, in terms of revenues from the extraction of this resource, due to the transfer of oil royalties. As a methodology, Data Envelopment Analysis (DEA) was used. The results showed that the municipality that had the most efficiency was São Fidélis and soon after that São Francisco de Itabapoana, Conceição de Macabu, then Cardoso Moreira, Campos dos Goytacazes, Macaé, Carapebus, Quissamã and finally, São João da Barra. In general, the sectors of industry and services are the most relevant in the economy. But unfortunately, agriculture is of little importance in terms of GDP even though it has a good portion of territory with the production of sugar cane. The analyzed municipalities show that their GDP per capita between 2011 and 2016, as an example, if Campos dos Goytacazes had a GDP per capita in 2013 of R $ 122,320.58 whereas in 2016 it was obtained R $ 35,475.94 if thus proving the oxidations that occur because the municipalities lose small shares in the receipt of oil royalties. Another example is the municipality of Quissamã, which showed a GDP per capita of R $ 257,506.10 in 2012 but in 2016 it reached R $ 43,048.94. But there were municipalities that, even with reduced collection, managed to fulfill their role before society, as an example we can mention the municipality of São Fidelis that kept growing because in 2014 it was R $ 17,946.79 and in 2016 it was R $ 19,392.35. Therefore, it was observed that the municipalities that receive, comparatively, greater resources than the others, are those that have better efficiency rates, thus demonstrating weaknesses in terms of public management of these resources in order to meet the demands of the city. population and guarantee social welfare with socioeconomic development.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/12990
Appears in Collections:GCE - Trabalhos de Conclusão de Curso - Campos dos Goytacazes

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Priscila da Silva Barroso (2019), Análise da eficiência do uso dos recursos públicos.pdfPriscila da Silva Barroso (2019), Análise da eficiência do uso dos recursos públicos1.27 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.