Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/13181
Title: Uso pré-operatório da dexametasona no controle da sensibilidade dental causada pelo clareamento dentário na técnica em consultório: estudo clínico randomizado, triplo cego
Other Titles: Pre-operative use of dexamethasone to control in-office bleachinginduced tooth hypersensitivity: a randomized triple blind clinical trial
Authors: Poubel, Luiz Augusto da Costa
metadata.dc.contributor.advisor: Gouvêa, Cresus Vinícius Depes de
metadata.dc.contributor.advisorco: Barceleiro, Marcos de Oliveira
Issue Date: 2017
Abstract: Objetivos: Este estudo avaliou o efeito da administração da dexametasona préoperatória na sensibilidade dentária decorrente da técnica de clareamento em consultório. Métodos: Um ensaio clínico randomizado, triplo cego, foi realizado em 70 voluntários que receberam cápsulas de dexametasona ou placebo. Os medicamentos foram administrados em um protocolo de 3 doses diárias de 8 mg do medicamento, começando 48 horas antes do tratamento de clareamento em consultório. Duas sessões de clareamento com gel de peróxido de hidrogênio a 37,5% foram realizadas com um intervalo de 1 semana. A sensibilidade dental (SD) foi registrada em escalas analógicas visuais (VAS) e escalas com classificação numérica (NRS) em diferentes períodos, até 48 horas após o clareamento. As avaliações de cores também foram realizadas. O risco absoluto de SD e sua intensidade foram avaliados pelo teste exato de Fischer. As comparações da intensidade de SD (dados NRS e VAS) foram realizadas usando o teste U de MannWhitney e um teste ANOVA de medidas repetidas de 2 vias, além do teste de Tukey, respectivamente. Resultados: Em ambos os grupos, os autores detectaram um alto risco de SD (Dexametasona: 80% x Placebo: 94%). Não houve diferença significativa em termos de intensidade SD. Um clareamento de aproximadamente 3 unidades de cor da escala VITA Classical foi detectado em ambos os grupos, os quiais foram considerados estatisticamente similares. Conclusões: Os autores concluíram que a administração pré-operatória da dexametasona, no protocolo proposto, não reduz a incidência ou a intensidade da sensibilidade dentária induzida pelo clareamento. Significado clínico: O uso da dexametasona antes do tratamento de clareamento na técnica em consultório não reduz a incidência ou a intensidade da sensibilidade ao dente. Número de registro de ensaio clínico: NCT02956070
metadata.dc.description.abstractother: Objectives: This study evaluated the effect of the administration of preoperative dexamethasone on tooth sensitivity stemming from in-office bleaching. Methods: A triple-blind, parallel-design, randomized clinical trial was conducted on 70 volunteers who received dexamethasone or placebo capsules. The drugs were administered in a protocol of 3 daily 8-mg doses of the drug, starting 48 hours before the in-office bleaching treatment. Two bleaching sessions with 37.5% hydrogen peroxide gel were performed with a 1-week interval. Tooth sensitivity (TS) was recorded on visual analog scales (VAS) and numeric rating scales (NRS) in different periods up to 48 hours after bleaching. The color evaluations were also performed. The absolute risk of TS and its intensity were evaluated by using Fischer’s exact test. Comparisons of the TS intensity (NRS and VAS data) were performed by using the Mann-Whitney U test and a Two-way repeated measures ANOVA and Tukey’s test, respectively. Results: In both groups, the authors detected a high risk of TS (Dexamethasone: 80% x Placebo: 94%). No significant difference was observed in terms of TS intensity. A whitening of approximately 3 shade guide units of the VITA Classical was detected in both groups, which were considered statistically similar. Conclusions: The authors concluded that the administration preoperatively of dexamethasone, in the proposed protocol, does not reduce the incidence or intensity of bleaching-induced tooth sensitivity. Clinical Significance: The use of dexamethasone drug before inoffice bleaching treatment does not reduce incidence or intensity of tooth sensitivity. Clinical Trial Registration Number: NCT02956070
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/13181
Appears in Collections:PPGO - Teses - Niterói

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese Luiz Poubel.pdf6.28 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons