Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/13287
Title: Gestão de resíduos sólidos em Reserva de Desenvolvimento Sustentável com turismo de base comunitária: o caso da Praia do Aventureiro na Ilha Grande - RJ
Authors: Carreiro, Agatha Santos
metadata.dc.contributor.advisor: Franz, Barbara
metadata.dc.contributor.members: Fernandes, José Artur Barroso
Silva, Melanie Lopes da
Castro, Rebeca Oliveira
Issue Date: 2020
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Carreiro, Agatha Santos.Gestão de resíduos sólidos em Reserva de Desenvolvimento Sustentável com turismo de base comunitária: o caso da Praia do Aventureiro na Ilha Grande - RJ. 2020. 46f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Ciência Ambiental) - Instituto de Geociências, Universidade Federal Fluminense, 2020.
Abstract: O turismo é um importante setor da economia no Brasil, mais recentemente aquele voltado para os ambientes naturais têm conquistado a preferência dos estrangeiros e dos brasileiros. Esse potencial setor da economia no Brasil tornou-se gradativamente presente na Vila do Aventureiro após a implosão do Presídio Cândido Mendes em meados da década de 90, devido à beleza cênica da praia e águas claras. A vila do Aventureiro localiza-se na Ilha Grande no município de Angra dos Reis na região da Costa Verde, no Estado do Rio de Janeiro e está inserido em uma unidade de conservação de uso sustentável, mais especificamente uma Reserva de Desenvolvimento Sustentável. Além dos benefícios proporcionados pela intensificação do turismo na Vila do Aventureiro, problemas com a gestão dos resíduos sólidos foram agravados devido a uma estrutura não adequada de aporte. Por conseguinte, o presente trabalho procura analisar os impactos do turismo de base comunitária na geração de resíduos sólidos em uma unidade de conservação onde existe essa atividade econômica. Para tanto, apresentou-se os conflitos socioambientais em unidades de conservação buscando, posteriormente, relacionar reserva de desenvolvimento sustentável com turismo de base comunitária para enfim ter uma percepção da influência desse, na geração de resíduos em ambientes praiais. O objetivo do presente estudo é analisar a gestão dos resíduos sólidos na RDS do Aventureiro durante o período de alta e baixa temporada, como subsídio de proposta de um modelo sustentável. A metodologia utilizada para tal, foi documentação direta por meio da pesquisa de campo, associada a entrevista semiestruturada a partir de formulário. Concluiu-se que a gestão dos resíduos é majoritariamente realizada pelos próprios caiçaras e fica sobre responsabilidade da Prefeitura de Angra realizar o transbordo e transporte desses. Três dos quatro entrevistados alegaram realizar práticas de reuso de materiais e compostagem, embora não tenham sido instruídos especificamente para essas atividades. Assim sendo, faz-se necessário adequar as práticas da gestão dos resíduos visando reduzir danos ao meio ambiente e à saúde humana. Somando-se a isso, o aperfeiçoamento da parte dos órgãos públicos sobre instrução, tanto aos moradores quanto aos turistas, a respeito da separação de resíduos e estudos dedicados em averiguar a viabilidade de inserção da prática comunitária de compostagem.
metadata.dc.description.abstractother: Tourism is an important sector of the economy in Brazil, more recently that focused on natural environments have gained the preference of foreigners and Brazilians. This potential sector of the economy in Brazil gradually became present in Vila do Aventureiro after the implosion of the Cândido Mendes Prison in the mid-1990s, due to the scenic beauty of the beach and clear water. The village of Aventureiro is located in the municipality of Angra dos Reis in the Costa Verde region of the state of Rio de Janeiro and is part of a sustainable use conservation unit, more specifically a Sustainable Development Reserve. In addition to the benefits provided by the intensification of tourism in Vila do Aventureiro, problems with solid waste management were aggravated due to an inadequate input structure. Therefore, this paper seeks to analyze the impacts of community-based tourism on solid waste generation in a conservation unit where this economic activity exists. To this end, we present the social and environmental conflicts in protected areas, seeking, subsequently, to relate sustainable development reserve with community-based tourism to finally have a perception of its influence on waste generation in beach environments. The aim of this study is to analyze the solid waste management in the Adventurer RDS during the high and low season, as a subsidy for the proposal of a sustainable model. The methodology used for this was direct documentation through field research, associated with semi-structured interviews using a form. It was concluded that the waste management is mostly carried out by the caiçaras themselves and it is the responsibility of Angra Prefecture to tranship and transport them. Three of the four respondents claimed to perform material reuse and composting practices, although they were not specifically instructed for these activities. Therefore, it is necessary to adapt waste management practices to reduce damage to the environment and human health. In addition to this, the improvement on the part of public agencies on instruction, both residents and tourists, regarding the separation of waste and studies dedicated to ascertain the feasibility of inserting the community practice of composting.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/13287
Appears in Collections:GCB - Trabalhos de Conclusão de Curso - Niterói

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Agatha S C - TCC II corrigido pós apresentação Fim.pdfTCC Agatha1.38 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons