Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/13322
Title: Feira de ciências: para além dos muros e saberes da escola
Authors: Menezes, Bruno Ferreira de
metadata.dc.contributor.advisor: Macário, Kita Chaves Damásio
metadata.dc.contributor.members: Macário, Kita Chaves Damásio
Lacerda, Thiago Correia
Costa, Isa
Issue Date: 27-Feb-2019
Citation: MENEZES, Bruno Ferreira de. Feira de ciências: para além dos muros e saberes da escola. 2019. 44f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino de Ciências da Natureza) - Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2019. Inclui produto final da pesquisa: "Proposta de manual para feiras de ciências, pautando a aprendizagem colaborativa, como ferramenta Vygotskyana para a internalização de novos conceitos no ensino de física.
Abstract: A Feira de Ciências é reconhecida pela comunidade científica como um instrumento fundamental à promoção de uma cultura científica que proporcione ao aluno, principalmente da educação básica, a motivação e os caminhos necessários para a busca permanente da construção do conhecimento. Para tanto, levar a ciência da escola para a sociedade e, por consequência, à comunidade na qual o aluno está inserido, é a melhor contribuição para a plena difusão da cultura científica. Após uma análise da importância da aprendizagem colaborativa no processo de ensino/aprendizagem, propomos a realização de uma Feira de Ciências para uma escola e seus alunos da 2ª série do ensino médio. Foram analisados seus aspectos positivos e possíveis obstáculos à transposição de conhecimentos científicos no ambiente escolar, a fim de um contato direto entre estes saberes com aqueles populares característicos do contexto da comunidade escolar, valorizando cada etapa da sua construção. Pensar a atitude docente, a luz dos conhecimentos prévios e dos anseios dos alunos, esteve no cerne desta pesquisa. A investigação experimental, baseada na aprendizagem colaborativa, através da realização da Feira de Ciências proporcionou a aproximação do conteúdo à realidade do estudante.
metadata.dc.description.abstractother: The Science Fair is recognized by the scientific community as a fundamental instrument for the promotion of a scientific culture that provides the student, mainly of basic education, the motivation and the necessary paths for the permanent search of knowledge construction. Therefore, bringing science from school to society and, consequently, to the community in which the student is inserted, is the best contribution to the full dissemination of scientific culture. After an analysis of the importance of collaborative learning in the teaching / learning process, we propose the realization of a Science Fair for a school and the 2nd grade high school students. Analyzing the positive aspects and possible obstacles to the transposition of scientific knowledge in the school environment, in order to have a direct contact between this knowledge with those popular contexts characteristic of the school community, valuing each stage of its construction. Thinking about the teaching attitude, in the light of the students' previous knowledge and yearnings, was at the heart of this research. Experimental research based on collaborative learning through the Science Fair provided the approach of the content to the student's reality.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/13322
Appears in Collections:PPECN - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Bruno Menezes.pdfDissertação2.17 MBAdobe PDFView/Open
BRUNO- Produto Final.pdfProduto208.53 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons