Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/13366
Title: Os investimentos públicos em áreas verdes e a produção do espaço urbano em Campos dos Goytacazes (RJ)
Authors: Teixeira, Filipe Garcia
metadata.dc.contributor.advisor: Malagoli, Marco Antonio Sampaio
metadata.dc.contributor.members: Malagoli, Marco Antonio Sampaio
Siqueira, Antenora Maria da Mata
Gomes, Marcos Antônio Silvestre
Ramos, Tatiana Tramontani
Issue Date: 2019
Citation: TEIXEIRA, Filipe Garcia. Os investimentos públicos em áreas verdes e a produção do espaço urbano em Campos dos Goytacazes (RJ). 2019. 140 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional, Ambiente e Políticas Públicas) - Universidade Federal Fluminense, Instituto de Ciências da Sociedade e Desenvolvimento Regional, Campos dos Goytacazes, 2019.
Abstract: A presença de áreas verdes, como parques, praças e jardins no espaço urbano, é um fator que vem contribuindo para a valorização do solo em algumas cidades brasileiras. A partir dos discursos da qualidade ambiental e da sustentabilidade, a "natureza" é evidenciada e seus atributos são colocados como indicadores irrefutáveis para a melhora da qualidade de vida. No entanto, na medida em que os investimentos públicos em áreas verdes também contribuem para a especulação imobiliária, estes tendem a favorecer processos de segregação socioespacial. O município de Campos dos Goytacazes/RJ vem passando por significativas transformações urbanas nas últimas décadas que foram intensificadas pela chegada do Complexo Logístico e Industrial do Porto do Açú (CLIPA) e pela dinamização da economia do petróleo. O objetivo deste trabalho é analisar os investimentos públicos em áreas verdes no município de Campos dos Goytacazes/RJ, assim como identificar a presença destes espaços na malha urbana no distrito sede do referido município. Para a estruturação metodológica da pesquisa, além da bibliografia especializada no tema e para a área selecionada, realizamos pesquisa documental no Diário Oficial do município e entrevistas semiestruturadas com gestores municipais e com o público que frequenta tais áreas verdes, esclarecendo o processo decisório para a destinação dos recursos públicos a estas áreas e avaliando-as qualitativamente. Entre os resultados, podemos constatar a escassez de áreas verdes em Campos, sendo a maioria dessas áreas localizadas nos bairros de maior renda e valor do solo, o que favorece, nesse sentido, a população de alto status socioeconômico. Constatamos, ainda, que o poder público não vem priorizando a manutenção de áreas verdes, pois muitas se encontram em estado de abandono e em processo de deterioração, comprometendo assim sua plena utilização por parte dos frequentadores. Verificamos que os agentes imobiliários vêm se apropriando do discurso da ―natureza‖ para vender seus imóveis tanto nos bairros com mais amenidades ambientais, quanto nos condomínios fechados, o que reforça a ideia de que a natureza é restrita somente às pessoas que possuem determinado poder aquisitivo. Neste sentido, esperamos que este trabalho colabore com a ampliação do debate sobre a criação de áreas verdes no município, contribuindo para a implementação de políticas públicas e reduzindo práticas segregacionistas.
metadata.dc.description.abstractother: The presence of green areas, such as parks, squares and gardens in urban space, is a factor of contribution for the valorization of the soil in some Brazilian cities. From the discourses of environmental quality and sustainability, the ―nature‖ is highlighted and its attributes are put as irrefutable indicators for improving the quality of life. However, as public investments in green areas also contribute to real estate speculation, they tend to favor processes of socio-spatial segregation. The city of Campos dos Goytacazes/RJ has been undergoing significant urban transformations in the last decades that were intensified by the arrival of the Logistics and Industrial Complex of Porto do Açú (CLIPA) and the dynamization of the oil economy. The objective of this paper is to analyze the public investments in green areas in the city of Campos dos Goytacazes/RJ, as well as to identify the presence of these spaces in the urban network in the district of the city. For the methodological structuring of the research, in addition to the specialized literature on the theme and to the selected area, we conducted documentary research in the city's Official Gazette and semi-structured interviews with municipal managers and the public who frequent such green areas, clarifying the decision-making process for the destination public resources to these areas and assessing them qualitatively. Among the results, we can see the scarcity of green areas in Campos, and most of these areas are located in the neighborhoods with higher income and soil value, which favors, in this sense, the population of high socioeconomic status. We also noticed that the public authorities have not been prioritizing the maintenance of green areas, as many are in a state of abandonment and in the process of deterioration, thus compromising their full use by the visitors. Real estate agents have been appropriating the ―nature‖ discourse to sell their properties both in neighborhoods with more environmental amenities and in gated communities, which reinforces the idea that nature is restricted only to people who have a certain purchasing power. In this sense, we hope that this work will collaborate with the broadening of the debate on the creation of green areas in the municipality, contributing to the implementation of public policies and reducing segregationist practices.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/13366
Appears in Collections:PPGDAP - Dissertações - Campos dos Goytacazes

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação - Filipe Garcia Teixeira.pdf2.77 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons