Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/13476
Title: Determinantes de Valor Agregado das Instituições de Ensino Superior no Brasil via modelo LOGIT/PROBIT ordenado
Authors: Silva, Camila da
metadata.dc.contributor.advisor: Carvalho, Márcia Marques de
metadata.dc.contributor.advisorco: Gouvêa, Victor Hugo Carvalho de
metadata.dc.contributor.members: Carvalho, Márcia Marques de
Sanfins, Marco Aurélio dos Santos
Rosa, Joel Maurício Corrêa da
Issue Date: 2011
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Silva, Camila da. Determinantes do Valor Agregado das Instituições de Ensino Superior no Brasil via Modelo Logit/Probit Ordenado. 67f. Trabalho de Conclusão de Curso (Curso de Estatística)-Instituto de Matemática e Estatística, Universidade Federal Fluminense, 2011.
Abstract: O objetivo desta monografia é determinar, a partir de um modelo econométrico, quais são as variáveis que mais contribuem para o valor agregado de um curso de graduação, ou simplesmente, o “efeito curso”. Os dados utilizados são provenientes do Enade 2008 e a variável dependente do modelo é o Indicador de Diferença de Desempenho (IDD), que fornece informações comparativas dos desempenhos de seus concluintes em relação aos resultados obtidos, em média, pelas demais instituições cujos perfis de seus estudantes ingressantes são semelhantes. As variáveis independentes refletem as características de cada instituição de ensino como a infraestrutura (salas de aula, laboratórios, bibliotecas), os aspectos pedagógicos e as características dos docentes como titulação e regime de trabalho. Além destas características, foram incluídas características dos alunos, como renda familiar e educação do pai. Com base no modelo ajustado sobre todas estas variáveis independentes, as variáveis que mais afetam o efeito do curso são relativas ao curso, principalmente os aspectos pedagógicos e a titulação dos docentes. Estimando o modelo com as variáveis que estão no controle dos coordenadores, ou seja, as variáveis relativas ao curso, o fator que mais contribui para o aumento do efeito curso é a infraestrutura para os cursos das instituições federais, os aspectos pedagógicos para os cursos estaduais; os aspectos pedagógicos e o número de docentes doutores para as instituições privadas. O tipo de dedicação do docente ao curso (horista, parcial ou integral) não afeta de forma significativa o efeito do curso nas instituições privadas.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/13476
Appears in Collections:GGV - Trabalhos de Conclusão de Curso - Niterói

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
20111_CamilaSilva_10754032.pdf1.06 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons