Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/1349
Title: Desastres naturais em destinos turísticos: o caso do município de Nova Friburgo
Authors: Corbiceiro, Laís Erthal
metadata.dc.contributor.advisor: Marques, Osíris Ricardo Bezerra
metadata.dc.contributor.members: Fratucci, Aguinaldo Cesar
Moraes, Claudia Corrêa de Almeida
Issue Date: 2013
Abstract: Este estudo busca identificar como foi realizado o gerenciamento da crise instalada em Nova Friburgo, município da região serrana do Estado do Rio de Janeiro, após o desastre de janeiro de 2011, e, compará-lo ao modelo de gestão de crises proposto por Dwyer em seu artigo Tsunamis, hurricanes, terrorism, and ???: Lessons for the global tourism industry. Tal modelo constitui-se de seis pilares, que são medidas estratégicas para gerenciamento de crises voltado para a recuperação de destinos turísticos atingidos por desastres. Cada um dos pilares foi estabelecido a partir de lições aprendidas com a ocorrência da tsunami que atingiu a Ásia em dezembro de 2004 e o furacão Katrina que devastou Nova Orleans em agosto de 2005. Foi possível concluir, que, de acordo com o modelo de Dwyer, o governo municipal de Nova Friburgo apresentou ineficiência na adoção de medidas estratégicas para gerir a crise instalada no município. Nenhum dos pilares do modelo foi completamente seguido, sendo apenas três deles contemplados com algumas medidas emergenciais adotadas. Aqueles que estão diretamente ligados ao turismo não apresentaram ações, mostrando que o turismo não foi um setor prioritário na tomada de decisões pelo governo municipal para reestruturação de Nova Friburgo. Para a realização do estudo foi feita uma pesquisa qualitativa, que constitui na aplicação de entrevistas estruturadas com atores escolhidos de modo estratégico e, também, uma análise documental das Atas das Assembleias da Câmara dos Vereadores do município, relativas ao período de janeiro de 2011 a dezembro de 2011.
metadata.dc.description.abstractother: This study aims to identify how was performed the management of the crisis installed in Nova Friburgo, county in the mountainous region of the estate of Rio de Janeiro, after the January 2011 disaster, and compare it to the crisis management model done by Dwyer in his article Tsunamis, hurricanes, terrorism, and ???: Lessons for the global tourism industry. This model consists of six pillars, which are crisis management strategic measures for the recovery of touristic destinations hit by disasters. Each one of the pillars was established from lessons learned with the Tsunami, which hit Asia in December 2004, and the hurricane Katrina that devastated New Orleans in August 2005. It was possible to conclude that, according to the Dwyer model, Nova Friburgo municipal government showed inefficiency in the adoption of strategic measures to manage the crisis in the county. None of the model pillars was completely followed, only three of them were awarded with some emergency measures adopted. Those pillars that are directly linked to tourism did not presented actions, showing that tourism was not a priority sector in decision- making by the municipal government to restructuring Nova Friburgo. To conduct this study was made a qualitative research, which is the application of structured interviews with actors strategically chosen ant also a documentary analysis of the minutes of the meetings of the city council of Nova Friburgo, related to the period from January 2011 to December 2011.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/1349
Appears in Collections:SGT - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
233 - Lais Corbiceiro.pdf1.93 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.