Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/13521
Title: Os desafios da implantação de mecanismos de governança nas universidades federais brasileiras
Authors: Affonso, Bruno Dantas Faria
metadata.dc.contributor.advisor: Kronemberger, Thais Soares
metadata.dc.contributor.members: Lanzara, Arnaldo Provasi
Oliveira, Virgílio Cézar da Silva e
Issue Date: 2018
Citation: AFFONSO, Bruno Dantas Faria. Os desafios da implantação de mecanismos de governança nas universidades federais brasileiras. 2018. 83 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Administração Pública) – Universidade Federal Fluminense, Volta Redonda, 2018.
Abstract: A pergunta central que o estudo buscou responder foi: de que forma as Universidades Federais brasileiras, por meio de suas práticas administrativas, assimilaram os mecanismos normativos de Governança previstos na Instrução Normativa MP/CGU nº 01/2016? Tal questionamento está diretamente relacionado com as consequências da Reforma do Estado da década de 1990 no Brasil, por um lado, e com a polissemia e multiplicidade de significados relacionados com a expressão Governança (RACZ et al, 2010), por outro. Promovendo revisão bibliográfica sobre a reforma gerencial da década de 1990 como o movimento político-administrativo-normativo que direcionou esforços para a adoção de um modelo gerencial, o qual, após sucessivas experimentações, persiste na ordem administrativa pública, dentre outras formas (FLEURY, 2001), por meio da normatização de modelos aderentes ao trinômio Governança, Gestão de Riscos e Controles, em especial pela norma mencionada, o estudo investiga os significados dados pela literatura à expressão Governança para, em seguida, identificar instrumentos de gestão com ela relacionados, organizando-as e permitindo o aprimoramento da compreensão sobre o tema. A estratégia adotada foi estabelecer uma sequência de abordagens teóricas que permitissem reconstruir a interlocução entre Reforma do Estado, Governança e, por fim, o conceito normativo de Governança adotado, servindo cada um dos elementos como eixos teóricos. A pesquisa caracteriza-se como exploratória e teve como objeto de estudo as Universidades Federais brasileiras, apresentadas pelo estudo como uma espécie de organização pública que possui características singulares para a exploração das características da implantação da concepção normativa de governança. A coleta de dados se deu por pesquisas bibliográfica e documental. O tratamento dos dados contou com a utilização do software Microsoft PowerBI cuja finalidade consistiu em estabelecer relações de pertinência entre as informações coletadas. Na análise dos dados também foram elaboradas categorias de forma a oferecer uma tipologia do nível de institucionalização do conceito normativo de Governança em cada uma das instituições pesquisadas. Como resultado, o estudo propõe a categorização das Universidades em níveis de maturidade que levem em conta a institucionalização dos instrumentos prescritos pela norma, apresentando um panorama de sua implantação nas organizações pesquisadas.
metadata.dc.description.abstractother: The central question that the study sought to answer was: how did the Brazilian Federal Universities, through their administrative practices, assimilate the normative mechanisms of Governance provided by Normative Instruction MP/CGU no. 01/2016? Such questioning is directly related to the consequences of the 1990s State Reform in Brazil, on one hand, and with the polysemy and multiplicity of meanings related to the expression Governance (RACZ et al, 2010), on the other. Promoting a bibliographical review on the 1990s managerial reform as the political-administrative-normative movement that directed efforts towards the adoption of a managerial model, which, after successive trials, persists in the public administrative order, among other forms (FLEURY, 2001), through the standardization of models adhering to the trinomial Governance, Risk Management and Controls, in particular by the aforementioned norm, the study investigates the meanings given in the literature to the expression Governance to then identify related managerial instruments, organizing and improving the understanding of the subject. The strategy adopted was to establish a sequence of theoretical approaches that allowed to reconstruct the interlocution between State Reform, Governance and, finally, the normative concept of Governance adopted, serving each of the elements as theoretical axes. The research is characterized as exploratory and had as object of study the Brazilian Federal Universities, presented as a kind of public organization that has unique characteristics for exploring the implementation of the normative concept of Governance. The collection of data relayed on bibliographic and documentary research. The treatment of the data was based on the use of Microsoft PowerBI software, whose purpose was to establish relations of pertinence among the information collected. In the data analysis, categories were also elaborated in order to offer a typology of the level of institutionalization of the normative concept of Governance in each one of the researched institutions. As a result, the study proposes to categorize universities at maturity levels that take into account the institutionalization of the instruments prescribed by the standard, presenting a panorama of their implementation in the organizations surveyed.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/13521
Appears in Collections:PROFIAP - Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação - Bruno D F Affonso.pdfDissertação825.54 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons