Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/13848
Title: Percepção de risco em desastres naturais: um estudo de caso em áreas já afetadas no município de Angra dos Reis
Authors: Machado Junior, Julio Cesar Barbosa
metadata.dc.contributor.advisor: Antunes, Ludmila Rodrigues
metadata.dc.contributor.members: Kronemberg, Thais Soares
Vianna, Maria Lucia Teixeira Werneck
Issue Date: 2018
Citation: MACHADO JUNIOR, Julio Cesar Barbosa. Percepção de risco em desastres naturais: um estudo de caso em áreas já afetadas no município de Angra dos Reis. 2018. 91 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Administração Pública) - Universidade Federal Fluminense, Volta Redonda, 2018.
Abstract: Os desastres naturais têm se configurado como uma grande ameaça à vida dos seres humanos, a cada ano que passa, mais se somam a fileira dos mortos, feridos e desabrigados. Os desastres naturais relacionados ao clima vêm se tornando cada vez mais frequentes, principalmente devido ao crescimento significativo do número de enchentes e tempestades. Tais ocorrências promovem um impacto muito mais significativo sobre as populações mais pobres, que por apresentarem maior vulnerabilidade socioeconômica, estão mais expostas e desprotegidas aos adventos da natureza. Neste contexto, uma das cidades afetadas por grandes catástrofes no Brasil é Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, onde em 2010, foram contabilizados mais de 50 mortos devido às chuvas e, consequentes, deslizamentos de terra. Em 2012, foi instituída pela Lei Nº 12.608, a Política Nacional de Proteção e Defesa Civil (PNPDEC) abrangendo um conjunto de ações de prevenção, mitigação, preparação, resposta e recuperação voltadas à proteção e defesa civil em âmbito nacional. No sentindo de combater o impacto dos desastres naturais, estudos de percepção de risco auxiliam nas atividades de prevenção de acidentes, servindo de base para a elaboração de estratégias de comunicação, de educação ambiental ou de fomento da participação popular. Sendo assim, após alguns anos decorridos de um desastre de grande porte, esta dissertação buscou investigar a percepção de risco e a sensação de segurança dos moradores de áreas de risco já afetadas por desastres naturais no município de Angra dos Reis considerando as diretrizes e aspectos estipulados pela PNPDEC. Para isso foram realizadas intensas pesquisas documentais sobre as regiões do Morro da Carioca e da Praia do Bananal, em Angra dos Reis, onde também houve observações do local e a aplicação de entrevistas semiestruturadas. Foram ao todo 15 participantes distribuídos por ambas as localidades. Observou-se que norteada pelas práticas apresentadas no PNPDEC, a Defesa Civil agiu intensamente nessas regiões afetadas, entretanto muitas de suas ações não foram percebidas pela população, de modo que a percepção de risco é fortemente atrelada a observação física de ações governamentais, como obras de contenção de encostas ou de drenagem do solo. Com relação aos aspectos educacionais da população para redução do risco, verificou-se que a adesão aos cursos, palestras e workshops é insuficiente, principalmente devido a falta de tempo ou interesse da população. Dessa forma, predomina a sensação de insegurança e medo da ocorrência de novos desastres.
metadata.dc.description.abstractother: Natural disasters have configured themselves as a great menace to the life of human beings, in each year, more are counted between the dead, wounded and homeless. According to ONU data, climate related natural disasters has become more and more frequent, especially because of the significant number of floods and storms. Such occurrences promote a much more significant impact on the poorest populations, which present a greater socioeconomic vulnerability, and because of that are more exposed and less protected from nature advents. In this context, one of the cities affected by great catastrophes in Brazil is Angra dos Reis, in Rio de Janeiro, where, in 2010, were counted more than 50 deads because of the rains and consequents landslides. In 2012, was established by the Law Nº 12.608, the National Policy of Civil Protection and Defense (Política Nacional de Proteção e Defesa Civil - PNPDEC) covering a set of prevention, mitigation, preparing and recovery actions turned to the civil protection and defense in a national level. In order to combat the natural disasters impacts, risk perception studies helps in the activities of accidents prevention, serving as a base to the elaboration of strategies of communication, environmental education or promotion of popular participation. Therefore, after some years passed a great scale disaster, this dissertation seeks to investigate the risk perception and the security sensation of the residents in natural disasters affected areas in Angra dos Reis County considering the guidelines and aspects established by the PNPDEC. For that purpose, were performed intense documental researches about the regions of Morro da Carioca and Bananal Beach, in Angra dos Reis, where there was also observation of the location and application of demi-structured interviews with the residents. There were all 15 participant distributed by both locations. It was noted that, guided by the practices presented in the PNPDEC, the Civil Defense acted intensively in these affected regions, however, many of its actions wasn’t perceived by the population, so that, the risk perception is strongly attached to physical observation of governmental action, such as works of slope containment or soil draining. Regarding to the population educational aspects to reduce the risk, was verified that the participation in courses lectures and workshops is insufficient, mainly because of the lack of time or interest of the population. In this way, the sensation of insecurity and the fear of the occurrence of new disasters is predominant.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/13848
Appears in Collections:PROFIAP - Dissertações - Volta Redonda

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação - Julio Cesar Barbosa Machado Jr.pdfDissertação2.58 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons