Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/13932
Title: Avaliação do nível de depressão em estudantes universitários de Niterói/RJ mediante o uso de Modelos de Regressão Logística
Authors: Gemésio, Rafael Rangel
metadata.dc.contributor.advisor: Velarde, Luis Guillermo Coca
metadata.dc.contributor.members: Velarde, Luis Guillermo Coca
Santos, Hugo Henrique Kegler dos
Fonseca, Ana Beatriz Monteiro
Issue Date: 2019
Publisher: Nenhum
Citation: GEMÉSIO, Rafael Rangel. Avaliação do nível de depressão em estudantes universitários de Niterói/RJ mediante o uso de Modelos de Regressão Logística. 2019. 84f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação de Estatística) - Instituto de Matemática e Estatística, Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2019.
Abstract: A incidência de depressão é cada vez mais comum em todo o mundo. Diante deste cenário, instrumentos que possam avaliar a ocorrência deste distúrbio têm sido elaborados e aplicados em muitas culturas. O Inventário de Depressão de Beck (BDI) é uma dessas ferramentas. Alinhado a isto, pesquisas vêm mostrando o efeito positivo que a religiosidade/espiritualidade (R/E) tem tido sobre doenças mentais. Questionários como o Inventário de Religiosidade Intrínseca (IRI) são desenvolvidos com a intenção de mensurar o fenômeno da R/E sobre a vida do indivíduo. Este estudo avaliou as condições de disforia e de depressão em 357 universitários de Niterói/RJ e verificou a relação entre religiosidade/espiritualidade, dentre outras variáveis, com a ocorrência desses transtornos. Em seguida, foi proposto um modelo de regressão logística cuja forma funcional depende das variáveis consideradas regressoras na fase inicial do estudo. Entre os estudantes com disforia e os considerados saudáveis, observou-se diferença significativa nos resultados do IRI e constatou-se que aqueles que encontram fonte de inspiração numa crença religiosa/espiritual ou acreditam na força da própria oração possuem menos chances de apresentarem o transtorno. Além disso, verificou-se que as variáveis referentes à idade, faixa etária, área do curso, gênero e período estão relacionadas à ocorrência de depressão e, ainda, que estudantes do gênero masculino e os que cursam a partir do quinto período do seu curso de graduação possuem menos chances de desenvolverem a doença.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/13932
Appears in Collections:GGV - Trabalhos de Conclusão de Curso - Niterói

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tcc_20192_RafaelRangelGemesio_314054035.pdf1.35 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons