Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/13963
Title: O processo de empoderamento de mulheres mastectomizadas: uma experiência em grupo de apoio (Niterói. 2002-2006)
Authors: Garcia, Ana Cristina Bechara Barros Fróes
metadata.dc.contributor.advisor: Costa, Suely Gomes
metadata.dc.contributor.members: Vasconcelos, Eduardo Mourão
GÓIS, JOÃO BÔSCO HORA
Issue Date: 2006
Abstract: O estudo teve por objetivo examinar o processo de empoderamento individual, grupal e comunitário de mulheres submetidas a mastectomia. Estas mulheres participam da ADAMA - Associação dos Amigos da Mama - situada na cidade de Niterói, que tem como missão oferecer apoio às mulheres que passam ou passaram pelo câncer de mama e conscientizar a população sobre esta doença. Dados para o estudo foram coletados por meio de história oral (entrevistas com 8 mulheres participantes da associação), análise de 37 anamneses psicológicas e observação participante nas reuniões semanais da ADAMA. O estudo mostra que os impactos da mutilação na vida das mulheres são agravados pela ausência de cuidados em saúde apropriados. Ele também permite afirmar que as realizadas na ADAMA têm colaborado para o processo de empoderamento. Além disso, a pesquisa confirmou que “o poder que brota da dor e opressão” contribui para a formação de uma rede informal de proteção social para as mulheres mastectomizadas.
metadata.dc.description.abstractother: This study aimed at examining the individual, group and community empowerment process of women who underwent mastectomy surgery. These women belonged to ADAMA- an association whose mission is to offer services and raise awareness about breast cancer in the city of Niteroi. Data for the study was collected using oral history (interviews with 8 association members), analysis of 37 psychological anamnesis, and participation in the association weekly meetings. The study shows that impacts of mutilation in the intimate and social life of the women are magnified by the lack of proper health care. It also allows concluding that group techniques used at ADAMA are helpful in facilitating the empowerment process. Besides, the study confirmed that “the power that comes from pain and oppression” concur for the formation of an informal social protection network for the women above referred.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/13963
Appears in Collections:PPGESS - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao Ana Cristina.pdf3.88 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons