Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/13976
Title: Macroglossia em pacientes com Síndrome de Down: uma revisão sistemática
Other Titles: Macroglossia in Down syndrome patients: a systematic review
Authors: Papa, Eliane Garritano
metadata.dc.contributor.advisor: Gouvêa, Cresus Vinicius Depes de
metadata.dc.contributor.advisorco: Picciani, Bruna Lavinas Sayed
Issue Date: 2019
Abstract: A síndrome de Down (SD) ou Trissomia 21 é considerada uma das anomalias genéticas mais prevalentes na humanidade e acontece independente de sexo, etnia ou classe social. É importante salientar que a SD não é uma doença. Atualmente, deve-se evitar a palavra “portador”, pois não é algo que se transporta, mas sim um jeito diferente de ser. O objetivo desta revisão sistemática foi investigar a identificação da presença da macroglossia em pacientes com SD, visto tratar-se de uma relação ainda controversa na literatura, decorrente das alterações craniofaciais na anormalidade congênita que podem acarretar em alteração de forma e tamanho da língua. A língua alcança seu tamanho adulto aproximado aos oito anos de idade. Para este levantamento de informações, a busca eletrônica foi realizada usando como principais bancos de dados PubMed, SciELO, LILACS, Scopus, Medline, BVS. Os artigos foram selecionados de acordo com a abordagem do tema proposto através da leitura dos títulos e resumos. Foram extraídas informações relativas à idade, sexo, presença ou não de macroglossia na síndrome de Down e alterações craniofaciais. Os resultados consistiram em 38 artigos no total, 21 do PubMed, 06 do SciELO, 01 LILACS, 04 do Scopus, 01 Medline e 05 BVS. Ao final, apenas 09 trabalhos foram selecionados com texto completo para uso das informações deste estudo, sendo 06 artigos com estudo longitudinal, 02 com estudo transversal e 01 com estudo retrospectivo. Como conclusão, baseado na literatura escassa sobre este assunto, observamos que ainda há dados insuficientes para confirmar a identificação da presença da macroglossia em pacientes com síndrome de Down, no entanto verificou-se que a maioria dos pacientes apresentaram uma macroglossia relativa decorrentes de alterações craniofaciais frequentes.
metadata.dc.description.abstractother: Down syndrome (DS) or Trisomy 21 is considered one of the most prevalent genetic anomalies in mankind and occurs regardless of gender, ethnicity or social class. It is important to note that DS is not a disease. Currently the word "carrier" should be avoided, because it is not something that is transported, but a different way of being. The objective of this systematic review was to investigate the presence of macroglossia in patients with DS, as it is still controversial in the literature, due to craniofacial alterations in the congenital abnormality that can lead to altered form and size of the tongue. The tongue reaches its approximate adult size at eight years old. For this information collection, the electronic search was carried out using as main databases PubMed, SciELO, LILACS, Scopus, Medline, BVS. The articles were selected according to the proposed theme approach by reading the titles and abstracts. Information regarding age, sex, presence of macroglossia in Down syndrome and craniofacial alterations were extracted. The results consisted of 38 articles in total, 21 of PubMed, 06 of SciELO, 01 LILACS, 04 of Scopus, 01 Medline and 05 BVS. At the end, only 09 papers were selected with full text for use of the information of this study, being 06 articles with longitudinal study, 02 with transversal study and 01 with retrospective study. We have seen that there are still insufficient data to confirm the presence of macroglossia in patients with Down syndrome, many syndromes need help although it was verified that the large part of the patients presented a relative macroglossia due to craniofacial alterations frequently.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/13976
Appears in Collections:PPGO - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese Eliane Garritano.pdf402.5 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons