Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/14059
Title: Redes de alerta e a potencialização do medo no cotidiano midiatizado: o caso "Copacabana Alerta"
Authors: Ferreira, Juliana Dias
metadata.dc.contributor.advisor: Ribeiro, Renata de Rezende
metadata.dc.contributor.members: Ribeiro, Renata de Rezende
Medrado, Andrea Meyer Landulpho
Silva, Denise Tavares da
Marchi, Leonardo Gabriel de
Issue Date: 23-Jun-2020
Abstract: O objetivo deste trabalho é discutir as interações e o conteúdo de postagens de grupos criados no Facebook para o compartilhamento de alertas sobre episódios locais de violência pública. Como objeto de análise, tomamos a página “COPACABANA ALERTA”, em um recorte de conteúdo de postagens sobre o assunto em 2018, que nos permitiu refletir a respeito da nova configuração de sociedade — cada vez mais afetada pelas mídias e pelas relações virtuais. Por meio das perspectivas de Maffesoli (2014) e Certeau (1998 [1980]) acerca do cotidiano, além dos conceitos de midiatização e redes sociais, e também do desenvolvimento de temas como o medo, a agressividade e as “performances catárticas” (REZENDE, 2014) no ambiente virtual, foi possível investigar a hipótese de que, em vez de contribuir para a sensação de segurança, a comunidade virtual em estudo poderia aumentar o sentimento de medo em seus participantes. A disponibilização de um questionário para ser respondido por membros de grupos de alerta, entrevistas com representantes de órgãos públicos sobre o monitoramento desses espaços, bem como o desenvolvimento de um percurso bibliográfico do conceito de vigilância foram as ferramentas usadas para alcançar uma compreensão mais ampliada sobre as relações e trocas desenvolvidas no território em questão.
metadata.dc.description.abstractother: The aim of this paper is to discuss the interactions and content in posts in Facebook groups created to share alerts about local episodes of public violence. As an object of analysis, we took the page “COPACABANA ALERTA”, in a content clipping of posts on the subject in 2018, which allowed us to reflect on the new configuration of society - increasingly affected by the media and virtual relationships. Through the perspectives of Maffesoli (2014) and Certeau (1998 [1980]) about everyday life, in addition to the concepts of mediatization and social networks, and also the development of themes such as fear, aggressiveness and “cathartic performances” (REZENDE , 2014) in the virtual environment, it was possible to investigate the hypothesis that, instead of contributing to the feeling of security, the virtual community under study could increase the feeling of fear in its participants. The availability of a questionnaire to be answered by members of alert groups, interviews with representatives of public agencies on the monitoring of these spaces, as well as the development of a bibliographic route of the concept of surveillance were the tools used to achieve a broader understanding of the relations and exchanges developed in the territory in question.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/14059
Appears in Collections:PPGMC - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Versão final para impressão - Dissertação Juliana Dias Ferreira.pdf5.52 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.