Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/14112
Title: Avaliação de propriedades mecânicas e físico-químicas de compósitos restauradores híbridos experimentais com partículas de carga irregulares porosas
Other Titles: Evaluation of mechanical and physical-chemical properties of experimental hybrid restorative composites with mesoporous filler particles
Authors: Lima, Vanessa Silva de
metadata.dc.contributor.advisor: Noronha Filho, Jaime Dutra
Issue Date: 2018
Abstract: O objetivo deste estudo foi caracterizar compósitos experimentais contendo partículas de carga porosas de Bario-boro-silicato (BaBSi) e nanocargas de óxido de silício (SiO 2 ). Foram produzidos onze compósitos com matrizes orgânicas constituídas de BisGMA, TEGDMA e UDMA (60/20/20 %p/p). As partículas de BaBSi foram submetidas a tratamento de superfície com ácido hidrofluorídrico (HF 5%) em diferentes tempos (15, 30 e 45 segundos), seguidas ou não de silanização. Em três compósitos, o monômero TEGDMA foi infiltrado às partículas de BaBSi tratadas com HF5%, esse procedimento foi realizado aquecendo o TEGDMA a 80°C por 30 minutos para deixá-lo mais fluido, e então o conjunto TEGDMA e partículas tratadas em seus respectivos tempos foi colocado numa prensa hidráulica a pressão de 100KN por cinco minutos. Foi utilizada microscopia eletônica de varredura (MEV) para caracterizar a morfologia das partículas de BaBSi tratadas com HF5%. O grau das porosidades das partículas de BaBSi foi verificado através das análises de Brunauer, Emmett e Taller (BET).Foram avaliadas as seguintes propriedades mecânicas e físico-químicas: grau de conversão (GC%), tensão de contração (TC), resistência à flexão (RF), módulo de elasticidade (ME), dureza (NDK), solubilidade (S), absorção (A) e rugosidade. A rugosidade foi aferida antes e após 14.600 ciclos de escovação. Os dados foram submetidos à análise de variância e ao teste de Tuckey HSD. Os compósitos que tiveram as partículas de BaBSi infiltradas com TEGDMA apresentaram um maior GC%. Em relação a TC, todos os compósitos apresentaram valores similares. A RF variou entre 71,4 (30segNS) e 139,6 Mpa (InfTEG45seg) e o ME 4,03 (15segSIL) e 6,13 GPa (STSIL). Em relação à NDK, os grupos que receberam tratamento com HF5% por 30 segundos, tiveram maiores valores (30segNS = 60,13 e 30segSIL = 64,18). Os compósitos que tiveram suas partículas silanizadas apresentaram maiores valores de A e S do que os que não receberam silanização. Para essa propriedade houve diferença estatística em quase todos os grupos (p<0,05). Com base nos resultados obtidos, podemos considerar que o modo de incorporação do TEGDMA às partículas de carga influenciou positivamente o GC%. O tratamento ácido das partículas de carga não influenciou negativamente comportamento mecânico e físico-químicos dos compósitos experimentais.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/14112
Appears in Collections:PPGO - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Vanessa Lima.pdf1.16 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons