Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/14183
Title: Análise sociointeracional dos enquadres na interação família/paciente/terapeuta em terapia fonoaudiológica
Authors: Oliveira, Fernanda Lado
metadata.dc.contributor.advisor: Gonçalves, José Carlos
metadata.dc.contributor.members: Pereira, Maria das Graças Dias
Dias, Nilza Barrozo
Issue Date: 2012
Abstract: Este trabalho realiza um estudo sobre o atraso no desenvolvimento da linguagem oral de uma criança à luz da sociolingüística interacional. Utilizamos a perspectiva sociointeracionista de Vygotsky (1989) para entender a aquisição de linguagem e os conhecimentos da sociolingüística interacional para analisar as interações dialógicas em terapia fonoaudiológica entre uma criança com retardo de linguagem, a mãe e a terapeuta. A pesquisa foi realizada com uma família residente em Paraíba do Sul - RJ, pertencente à classe sócio-econômica baixa, atendida em um consultório fonoaudiológico neste município. Os sujeitos da pesquisa são um menino de três anos com atraso severo de linguagem e sua mãe, que o acompanha nas terapias. Observamos alguns problemas interacionais que poderiam estar interferindo na aquisição da linguagem da criança e a importância das mudanças de enquadre em terapia fonoaudiológica para o entendimento dos pais de seu papel estruturador da linguagem de seu filho. Utilizar os conceitos da sociolingüística interacional para pensar esta problemática foi muito importante, pois, nos deu maior suporte no processo terapêutico e confirmou a SLI como uma ferramenta útil e possível de ser usada na clínica fonoaudiológica.
metadata.dc.description.abstractother: This paper reflects on the delay in oral language development of a child in the light of interactional sociolinguistics. We utilized a Vygotskyan sociointerartionist perspective(1989) to understand language acquisition and knowledge of interactional sociolinguistics to analyze dialogical interactions in speech therapy of a child with delayed language, his mother and therapist. We have observed some interactional problems that could be interfering with the child’s language acquisition and the importance of changing the frame in speech therapy to understand their parents’ structuring role of their son’s language. The survey was conducted with a lower social class family living in the Paraiba do Sul – RJ, which attended a speech clinic in the city. The research subjects are a three year old boy with severe language delay and his mother, who accompanies him in therapy. Using the concepts of interactional sociolinguistics to think issue was very important because it gave us more support in the therapeutic process and confirmed the SLI as a useful tool and can be used in clinical speech therapy.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/14183
Appears in Collections:POSLING - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Análise socioeinteracional - Fernanda Lado.pdf1.09 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons