Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/14333
Title: Análise da prescrição eletrônica e intervenção farmacêutica na prevenção de erros de medicação
Authors: Brasil, Roseanne Marques
metadata.dc.contributor.advisor: Castilho, Selma Rodrigues
metadata.dc.contributor.members: Cordeiro, Benedito Carlos
Almeida, Flávia Valéria dos Santos
Castilho, Selma Rodrigues
Issue Date: 2011
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Brasil, Roseanne Marques. Análise da Prescrição Eletrônica e Intervenção Farmacêutica na Prevenção de Erros de Medicação. 2011. 48f. Monografia de Conclusão de Curso (Especialização em Farmácia Hospitalar) - Faculdade de Farmácia, Universidade Federal Fluminense, 2012.
Abstract: A prescrição eletrônica representa um avanço nas estratégias para minimizar a ocorrência de erros de medicamentos em ambiente hospitalar e raros são os estudos avaliando a inserção desta tecnologia no sistema de saúde brasileiro. O presente estudo foi elaborado com o intuito de avaliar a inserção da análise e da intervenção farmacêutica na prescrição eletrônica, contribuindo com mais uma etapa de segurança dentro do sistema de utilização de medicamentos no ambiente hospitalar em uma instituição pública federal, referência nacional no tratamento de doenças cardíacas localizada no Rio de Janeiro. Realizou-se um estudo prospectivo descritivo, no qual foram analisadas as prescrições eletrônicas enviadas à farmácia durante 30 dias não consecutivos, nos meses de outubro a dezembro de 2010. Intervenções farmacêuticas junto ao prescritor foram feitas nos erros detectados. Os erros de prescrição foram classificados em erros de decisão e redação. Pontos críticos do sistema eletrônico utilizado nesta instituição também foram observados. Analisou-se 4503 prescrições medicas eletrônicas, verificando uma incidência de 8,54% de erros em prescrição, totalizando 384 erros. Dos erros encontrados 29,69% correspondiam a limitações e/ou falhas no sistema eletrônico, enquanto que 70,31% dos erros foram ocasionados pelo prescritor no ato da elaboração da prescrição on- line. Destes erros 17% foram erros de decisão e 83% erros de redação. O percentual de intervenção farmacêutica foi de 40% nos erros detectados com percentual de correção de 54% após a intervenção. Dos erros ocasionados pelo prescritor 32,59% foram corrigidos. Os resultados permitiram que o serviço pudesse identificar os principais pontos críticos do processo em estudo e adotar medidas preventivas em relação aos erros de medicação ocasionados por erro de prescrição. O estudo dos dados encontrados demonstrou que a análise e a intervenção farmacêutica são eficazes na detecção e prevenção de erros de medicação e que juntamente com o aperfeiçoamento do sistema eletrônico de prescrição e educação por parte dos usuários o sistema eletrônico constitui uma ferramenta eficiente na prevenção de erros de medicação.
metadata.dc.description.abstractother: The electronic prescription represents an advance in the strategy to minimize the occurrences of errors in the prescription of drugs inside the hospitals and the studies validating the insertion of this technology in the Brazilian health system are very rare. This research was elaborate with the intention to analyze the insertion of the pharmacist intervention on the analysis of the electronic prescription, and thus contributing with one more security step within the medicine utilization system present in the hospital habitat of the federal institution, that is a national reference in the treatment of heart diseases located in Rio de Janeiro. A prospective descriptive research was made, in which the electronic prescriptions that were sent to the pharmacy in a period of 30 non-consecutive days, between the months of October and December of 2010. For each error detected pharmacist intervention were made with the prescriber. It also was observed critical points in the electronic system used in this institution. A total of 4.503 electronic prescriptions were analyzed, and was identified that in 8.54% of then the incidence of errors, which totals 384 prescription errors. Of the errors found 29.69% were due to limitations or failures in the software used, while 70.31% were caused by the prescriber during the on-line elaboration of the prescription. Of these errors 17% were decision making errors and 83% were caused by writing errors. The total percentage of pharmacist intervention was of 40% in the detected errors, of those, 54% were corrected after the intervention. Of the errors caused by the prescriber, 32.59% were corrected. These results allowed to identify the critical points in the process in study, and to adopt new measures to prevent medications errors caused by prescriptions errors. A review of the data found, showed that the analysis and the pharmacist intervention are effective in the detection and prevention of medication errors, combined with the improvement of the electronic software used constitute a effective tool to the prevention of medication errors.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/14333
Appears in Collections:RESIFARM - Trabalhos de Conclusão de Curso - Niterói

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ROSEANNE BRASIL_2009.pdf824.95 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.