Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/14388
Title: O batismo de clio: catolicismo, ensino de história e novas mídias em Jonathas Serrano (1908-1944)
Authors: Silva, Giovane José da
metadata.dc.contributor.advisor: Gomes, Angela Maria de Castro
metadata.dc.contributor.members: Faria Filho, Luciano Mendes de
Mendonça, Ana Waleska
Magalhães, Marcelo de Souza
Issue Date: 2015
Citation: SILVA, Giovane José da. O Batismo de Clio: catolicismo, ensino de história e novas mídias em Jonathas Serrano (1908-1944). 2015. 345 p. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em História. Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2015.
Abstract: O estudo realiza uma análise da vida e da obra do historiador carioca, professor e autor de manuais escolares de história, Jonathas Archanjo da Silveira Serrano (1885-1944). Militante engajado em um projeto político-cultural da Igreja Católica para o campo educacional, o autor é um instigante pretexto para acessar o tema da catolicidade e suas relações com a escrita, o ensino e a formação dos professores de história no Brasil, durante a Primeira República e a Era Vargas. Sendo ainda adepto dos métodos ativos de ensino, destacou-se no processo de elaboração, escrita e divulgação de uma didática renovada da história no país, além de professor da Universidade do Ar. Trata-se de um programa pioneiro da Rádio Nacional do Rio de Janeiro, que foi ao ar no início da década de 1940, com o objetivo de promover cursos de formação e capacitação dos professores secundários em todo o território nacional, via ondas sonoras. O estudo está ancorado em artigos do autor em periódicos, monografias, manuais escolares, correspondências e scripts de programas de rádio. Os resultados demonstram o investimento na construção de uma didática da história inspirada nos procedimentos e regras do ofício, como uma narrativa de forte influência católica e republicana, moldando o olhar para o passado e o futuro. Para além de um despotismo das luzes, evidencia-se que o catolicismo continuou a influenciar a produção cultural, inclusive a escrita e o ensino de história no Brasil.
metadata.dc.description.abstractother: This paper carried out an analysis of the life and works of a historian, professor and author of history textbooks, Jonathas Archanjo da Silveira Serrano (1885-1944). An active militant committed to a political-cultural project of the Catholic Church for the educational field; the author serves as an exciting justification to access the theme of catholicity and its relations with writing, teaching and qualification of history teachers in Brazil, during the First Republic and the Vargas Era. Being an adept of active teaching methods, he was noteworthy in the process of elaborating, writing and spreading of a modern didactic of history teaching in the country, besides having been a professor at Universidade do Ar. This refers to a pioneer program at Radio Nacional of Rio de Janeiro, broadcasted in the beginning of the 1940’s, aimed at promoting qualification and training programs for high school teachers nationwide, via radio waves. The study is supported by the author’s writings in journals, monographs, school textbooks, mailing and radio program scripts. The results have evidenced the investment on the construction of a history methodology inspired in procedures and rules of the profession, as a strong catholic and republican narrative influence, shaping our vision of the past and future. Beyond a despotism of lights, it is evident that the Catholicism has continued to influence cultural productions, inclusive the writing and the teaching of history in Brazil.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/14388
Appears in Collections:PPGH - Teses - Niterói

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
1767.pdf3.33 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons