Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/14447
Title: Avaliação da logística reversa interna de medicamentos em um hospital federal de grande porte
Authors: Pereira, Cynthia Barbosa
metadata.dc.contributor.advisor: Silva, Ronaldo Ferreira da
metadata.dc.contributor.members: Correia, João Márcio da Silva
Pontes, André Teixeira
Silva, Ronaldo Ferreira da
Issue Date: 2015
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Pereira, Cynthia Barbosa. Avaliação da logística reversa interna de medicamentos em um hospital federal de grande porte. 2015. 61f. Monografia de Conclusão de Curso (Especialização Residência em Farmácia Hospitalar) - Faculdade de Farmácia, Universidade Federal Fluminense, 2015.
Abstract: Devido ao aumento dos gastos com a saúde e medicamentos é necessário que a escolha destes seja previamente avaliada. Utiliza-se a farmacoeconomia para avaliar os custos da farmácia hospitalar, possibilitando tomadas de decisões mais adequadas em relação ao tratamento dos pacientes. Neste local, a logística reversa pode ocorrer pelo processo de devolução ou estorno de medicamentos. Isso pode ser resultado de alta hospitalar, alteração da prescrição, óbito, produto danificado ou vencimento do medicamento. Quando vencido ou inapropriado para utilização, descartam-se os medicamentos. Isto gera custos para o hospital devido ao tratamento pelo qual devem passar os resíduos sólidos de serviço de saúde (RSSS), além de aumentar o aspecto e impacto ambiental. O objetivo deste trabalho é avaliar a logística reversa interna de antimicrobianos, seu impacto econômico e o aspecto ambiental no Hospital Federal do Andaraí. Foram analisadas as devoluções de antimicrobianos entre Junho de 2013 a Junho de 2014. O serviço de enfermagem preencheu formulários ao realizar os estornos dos medicamentos à Farmácia, identificando todos os dados. Após conferência, foi realizada entrada dos medicamentos ou saída dos vencidos no Sistema e-SUS hospitalar. Os medicamentos aptos para utilização foram encaminhados ao setor de dispensação. Os vencidos ou inapropriados para uso foram descaracterizados, acondicionados em bombonas e encaminhados para a incineração. O medicamento mais devolvido durante o período estudado foi a Oxacilina 500mg, tanto para ser reutilizada, quanto inapropriada para uso. No mês de Julho de 2013, houve uma devolução maior de antimicrobianos e no mês de Abril, houve um estorno com maior valor monetário. Em Junho de 2013, houve uma maior devolução de medicamentos vencidos e Fevereiro de 2014 foi o mês com maior valor monetário referente a estes. A devolução dos medicamentos no hospital reintegrou ao fluxo 8.328 unidades de antimicrobianos, correspondendo a R$85.512,36. Isso possibilitou a redução da necessidade de compra dos mesmos, o que resultaria em economia para o hospital. Além disso, houve diminuição da perda de medicamentos por vencimento e armazenamento inadequado, reduzindo a quantidade de descarte, tornando possível um menor aspecto ambiental e menos gastos com o tratamento de RSSS.
metadata.dc.description.abstractother: Due to increased spending on health and medicines is necessary that the choice of these is previously evaluated. It is used pharmacoeconomics to assess the costs of hospital pharmacy, enabling taken better decisions regarding treatment of patients. In this place, reverse logistics can occur by drug return process. This may result from discharge, change in prescription, death, damaged product or maturity of the drug. When expired or inappropriate for use, are discarded them drugs. This generates costs for hospital due to treatment for which they pass the Solid Residues of Health Service (SRHS), and increase the appearance and environmental impact. The objective of this study is to analyze the profile of antimicrobial returns, their economic impact and the environmental aspect in the Federal Hospital Andaraí. The antimicrobial returns were analyzed from June 2013 to June 2014. The nursing service filled forms to perform reversals of drugs to the pharmacy, identifying all data. Upon verification drug entry was carried out or accrued in the system e-SUS hospital. The apt to use drugs were sent to the dispensing industry. Losers or inappropriate for use were uncharacterized, packed in drums and sent for incineration. The medicine more returned during the study period was 500mg oxacillin, both for reuse, as inappropriate for use. In July 2013, there was a greater devolution of antimicrobial and in April, there was a return to greater monetary value. In June 2013, there was a greater return expired medications and February 2014 was the month with the highest amount of return. The return of medicines in the hospital reinstated the flow antimicrobial 8,328 units, corresponding to R$ 85,512.36. This has reduced the need to purchase from them, which would result in savings for the hospital. In addition, there was a decrease of loss medications by maturity and inadequate storage, reducing the amount of disposal, enabling a smaller environmental aspect and less spending on the treatment of solid wastes.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/14447
Appears in Collections:RESIFARM - Trabalhos de Conclusão de Curso - Niterói

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Cynthia Barbosa Pereira_T2013_monografia de devolução 13.06.15 versão final.pdf966.55 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.