Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/1448
Title: A percepção da equipe de enfermagem frente aos cuidados paliativos em oncologia: uma perspectiva fenomenológica em Merleau-Ponty
Authors: Brandão, Waleska Christina
metadata.dc.contributor.advisor: Silva, Rose Mary Costa Rosa Andrade
metadata.dc.contributor.advisorco: Pereira, Eliane Ramos
metadata.dc.contributor.members: Marins, Aline Miranda da Fonseca
Pereira, Eliane Ramos
Issue Date: 2012
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Brandão, Waleska Christina. A percepção da equipe de enfermagem frente aos cuidados paliativos em oncologia: uma perspectiva fenomenológica em Merleau-Ponty. 2012. 87 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Enfermagem Assistencial)-Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2012
Abstract: A Agência Internacional para Pesquisa em Câncer através do relatório “World Cancer Report 2008” IARC/OMS, relatou que o impacto global do câncer mais que dobrou nos últimos 30 anos. A Organização Mundial de Saúde / OMS estabeleceu os princípios que devem reger os cuidados paliativos com o doente terminal, para ela é importante reafirmar a importância da vida, considerando o morrer como um processo natural. Deve-se também estabelecer um cuidado que não acelere a chegada da morte. Foi então, com base na minha prática profissional, atuando na assistência direta aos pacientes oncológicos em fase de paliação e nas diretrizes da Organização Mundial de Saúde que desenvolvi esta pesquisa. Os objetivos da pesquisa foram: (1) Compreender a percepção da equipe de enfermagem frente ao cuidado paliativo em Oncologia a partir do referencial fenomenológico em Merleau-Ponty; (2) Indicar as implicações desta percepção na práxis da enfermagem (03) Elaborar tecnologia educacional em forma de blog acerca do cuidado humanizado frente ao paciente em cuidados paliativos visando a capacitação da equipe de enfermagem. A coleta de dados foi feita utilizando um roteiro de entrevista mediado por uma pergunta norteadora que foi “Qual a sua percepção acerca dos cuidados voltados aos pacientes oncológicos em fase de paliação?” Os sujeitos da pesquisa são enfermeiros e técnicos de enfermagem. Para análise descritiva e exploratória apropriou-se do método fenomenológico existencial à luz de Maurice Merleau-Ponty. Resultados: Na redução eidética dos fenômenos à sua essência, observamos o conforto sendo a essência do fenômeno em questão, em relação aos cuidados aos pacientes em fase terminal, e relacionando o mesmo aos cuidados ao corpo físico, ao lado espiritual e psicológico ou emocional, como forma de qualidade da assistência a esses pacientes. Também foi descrito a mecanização e a desumanização como herança de um dualismo psicofísico. Conclusão: Foi possível apreender a dialética operante entre as falas da equipe de enfermagem que refletem as suas percepções e a prática assistencial estabelecida no processo de trabalho. Limitação: estudo reflete o despreparo dos profissionais, possivelmente oriundos de uma formação calcada no modelo biomédico de herança cartesiana ficando como desafio para cada profissional reaprender a ver o mundo e a cada pessoa em processo paliativo
metadata.dc.description.abstractother: The International Agency for Research on Cancer from the report "World Cancer Report 2008" IARC / WHO reported that the overall impact of cancer more than doubled in the last 30 years. The World Health Organization / WHO established the principles that should govern palliative care to terminally ill, so it is important to reaffirm the importance of life, considering the death as a natural process. It must also be careful not to establish a speed of arrival of death. Then, based on my professional practice, working in direct assistance to cancer patients undergoing palliative care and the guidelines of the World Health Organization to develop this research. The research objectives were: (1) understand the perception of the nursing staff compared to palliative care in oncology from the phenomenological approach of Merleau-Ponty, (2) Indicate the implications of this perception in the practice of nursing (03) Develop educational technology in the form of blog about humanized care toward patients in palliative care aimed at the empowerment of nursing staff. The Data collection was done using a structured interview mediated by a guiding question was "What is your perception about the care geared to cancer patients undergoing palliation?" The research subjects were nurses and nursing technicians. For descriptive and exploratory analysis appropriated the existential phenomenological method in the light of Maurice Merleu-Ponty. Results: In the eidetic reduction of phenomena to their essence, we found comfort being the essence of the phenomenon in question, in relation to care for terminal patients, and relating the same care to the physical body, along with spiritual and psychological or emotional as a form of quality of care to these patients. Also described was the mechanization and dehumanization as a legacy of psychophysical dualism. Conclusion: It was possible to grasp the dialectic operative between the lines of the nursing staff that reflect their perceptions of care and practice established in the work process. Limitation: The study reflects unprepared professionals, possibly coming from an education grounded in the biomedical model of Cartesian heritage becoming a challenge for every professional relearn to see the world and each person undergoing palliative
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/1448
Appears in Collections:MPEA - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Waleska Christina Brandão.pdf1.57 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.