Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/14542
Title: Concentração de Mercúrio em Pilhas de Rejeitos de Estações de Tratamento de Água (Lagoa de Juturnaíba, Brasil-RJ)
Authors: Pontes, Gabriela Cugler de
metadata.dc.contributor.advisor: Wasserman, Júlio Cesar de Faria Alvim
metadata.dc.contributor.members: Barrocas, Paulo Rubens Guimarães
Monte, Christiane do Nascimento
Issue Date: 2017
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Pontes, Gabriela Cugler de. Concentração de mercúrio em pilhas de rejeitos de estações de tratamento de água (Lagoa de Juturnaíba, Brasil-RJ). 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciência Ambiental)-Instituto de Geociências, Universidade Federal Fluminense, 2017
Abstract: O mercúrio é uma ameaça ambiental global, devido a sua volatilidade e alta toxicidade. A biomagnificação na cadeia alimentar é outra característica marcante desse metal, principalmente por causar grandes riscos à saúde dos seres humanos. Além das fontes naturais existem as fontes antrópicas de contaminação no meio ambiente pelo mercúrio, dentre elas podemos citar a associação do mercúrio a diversos produtos químicos. A lagoa de Juturnaíba, no Rio de janeiro, possui duas áreas de rejeito químico, uma delas é proveniente da ETA-Águas de Juturnaíba, e a outra da ETA PROLAGOS. As duas estações de tratamento de água têm eliminado seus lodos em pilhas de rejeitos que podem constituir uma ameaça por causa dos compostos de alumínio, bem como outros produtos químicos que podem ser associados ao alumínio. No presente trabalho, objetivou-se avaliar a presença de mercúrio nas pilhas de resíduos das duas estações de tratamento de água. Cinco testemunhos de 30cm de lodo foram coletados em ambas as pilhas de resíduos e fatiados a cada 3 cm. Amostras foram preparadas e as extrações totais feitas com 5 ml de aqua regia (3HCl + 1HNO3) utilizando o reator cinético (dedo frio), em banho de areia a 60°C. Os extratos obtidos foram analisados por absorção de vapor a frio (CVAAS) em um espectrofotômetro de absorção atômica Lumex RA915+. Observou-se que não há nenhuma possível fonte de contaminação por mercúrio na região, no entanto altas concentrações foram observadas nas pilhas de rejeitos (9.42 - 2,966.49 ng.g-1), a concentração média encontrada também foi bastante elevada (321,5 ng.g-1) assim como o desvio padrão (632.8 ng.g-1). Os resultados para os dois materiais de referência contendo 3,04 ± 0,20 mg.Kg-1 e 3,0 ± 0,5 mg.Kg-1 Hg variaram entre 92-104% dos valores dos certificados. A possível redissolução do mercúrio para o meio ambiente, bem como a alta vulnerabilidade da população é o que torna importante os estudos relacionados a pilhas de rejeito.
metadata.dc.description.abstractother: Mercury is an environmental global threat, due it’s volatility and high toxicity. The biomagnification on the food chain is another striking feature about this metal, especially for causing great risk for the human health. Besides the natural source there are the anthropic sources for mercury environmental contamination, amongst them we can quote the association between mercury and many chemicals. The Juturnaíba lake, in Rio de Janeiro, have two waste piles, one of them is from WTS – Águas de Juturnaíba and the other comes from WTS – PROLAGOS. The both water treatment plant had eliminated your sludge in waste piles, this can constitute a threat because of the aluminum compounds, as well as another chemicals which can associated with aluminum. In this research, the objective is to evaluate the presence of the mercury in waste piles from the two water treatment plant. Five cores with 30cm of sludge can collected in both waste piles and slice each 3 cm. The sample were prepared and the total extraction made with 5 ml de aqua regia (3HCl + 1HNO3) using the kinetic reactor (cold finger), on sand bath at 60° C. The extracts obtained were analyzed through cold vapor (CVAAS) in spectrometry atomic absorption Lumex RA 95+. It was observed that don’t have any possible source contaminated for mercury in region; nonetheless high concentrations were observed at waste piles (9.42 - 2,966.49 ng.g-1), the average concentration found was also high (321,5 ng.g-1) as well as the standard deviation (632.8 ng.g-1). The results for the two reference material containing 3,04 ± 0,20 mg.Kg-1 e 3,0 ± 0,5 mg.Kg-1 Hg vary between 92-104% as certificated values. The possibility redissollution of mercury on the environmental and the high vulnerability at the population is what cause the importance of research about waste piles.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/14542
Appears in Collections:GCB - Trabalhos de Conclusão de Curso - Niterói

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC3_Gabriela _final.pdfTCC Gabriela1.49 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons