Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/14651
Title: Sobre o Reino de Deus, a Igreja e a política: os projetos de afirmação episcopal na Gália do sexto século a partir dos casos de Arles e Tours
Authors: Silva, Letícia Sousa Campos da
metadata.dc.contributor.advisor: Freitas, Edmar Checon de
metadata.dc.contributor.members: Bastos, Mário Jorge da Motta
Silva, Leila Rodrigues da
Issue Date: 2014
Abstract: Resultado da articulação da História Comparada com a História Social das Ideias Políticas, esta dissertação teve como objetivo verificar a validade do postulado de uma Igreja gaulesa fracionada no sexto século. Pressupondo que as obras elaboradas pelos bispos configuravam-se como veículos de disseminação de projetos de afirmação do episcopado, cotejamos duas hagiografias elaboradas no período com o intuito de percebermos variações nesses projetos. A Vita Caesarii, elaborada em aproximadamente 549, é uma obra coletiva de cinco membros do séquito cesariano (três bispos, um padre e um diácono) sobre a trajetória do bispo Cesário de Arles (c.470 – 542). A Vita Patrum é uma coletânea de vinte vidas de santos escrita pelo bispo Gregório de Tours (c. 539 – 594). A comparação ocorreu por meio da eleição de dois eixos principais para a análise: a proposta de configuração da Igreja e o ponto de vista sobre as lideranças políticas. Constatamos que ambas as obras difundem uma visão semelhante de certa superioridade das lideranças eclesiásticas em detrimento das políticas, apesar de apresentarem relativas divergências quanto à organização eclesiástica. Inferimos, portanto, que a diferenciação entre os projetos da Gália de Cesário e a Gália de Gregório é menos rígida do que se supõe.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/14651
Appears in Collections:PPGH - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissert-leticia-sousa-campos-da-silva.pdf1.63 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons