Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/14688
Title: O G.R.E.S. Acadêmicos do Salgueiro e as representações do negro nos desfiles das escolas de samba nos anos 1960
Authors: Faria, Guilherme José Motta
metadata.dc.contributor.advisor: Abreu, Martha Campos
metadata.dc.contributor.members: Silva, Marilene Rosa Nogueira da
Soihet, Rachel
Magalhães, Marcelo de Souza
Assunção, Matthias Wolfram Orhan Rohring
Issue Date: 2014
Abstract: Na década de 1960, as Escolas de Samba conquistaram o protagonismo do Carnaval carioca e renovaram os vínculos com o Poder Público, com a imprensa e com a classe média carioca. O G.R.E.S Salgueiro ocupou lugar destacado nessa História, pois foi considerada a Escola que “revolucionou” os desfiles daquele período, especialmente por meio de seu maior nome, o Carnavalesco Fernando Pamplona. A partir de publicações de cronistas, jornalistas e pesquisadores, de entrevistas com sambistas e profissionais envolvidos com a montagem do Carnaval e por meio de notícias do Jornal do Brasil, esta tese procura mostrar os limites das versões que construíram a ideia do pioneirismo do Salgueiro na modernização dos desfiles e na introdução de temáticas afro-brasileiras. Complementarmente, procurará situar as chamadas inovações temáticas dos desfiles dos anos 60 num contexto mais amplo, onde diversos sujeitos sociais atuaram, e numa teia de significados bem mais complexa e plural, mobilizada por intelectuais e militantes ligados aos movimentos negros. Mesmo não conquistando o reconhecimento na bibliografia sobre as associações culturais, as escolas de samba do Rio de Janeiro desempenharam um papel relevante no levantamento de temas e discussões acerca da história do negro na sociedade brasileira.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/14688
Appears in Collections:PPGH - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese-guilherme-jose-motta-faria.pdf4.6 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons