Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/14777
Title: A classificação de projetos de pesquisa à luz da teoria da classificação facetada e da teoria do conceito: análise dos portfólios de projetos de pesquisa da embrapa
Authors: Silva, Laura Rocha Silveira Tavares da
metadata.dc.contributor.advisor: Campos, Maria Luiza de Almeida
metadata.dc.contributor.members: Gomes, Hagar Espanha
Campos, Linair Maria
Pierozzi Junior, Ivo
Souza, Joice Cleide Cardoso Ennes de
Miranda, Marcos Luiz Cavalcanti
Issue Date: 2019
Citation: Silva, Laura Rocha Silveira Tavares da. A classificação de projetos de pesquisa à luz da Teoria da Classificação Facetada e da Teoria do Conceito: análise dos portfólios de projetos de pesquisa da Empraba. 2019. 233f. Disssertação (Mestrado Ciência da Informação) - Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2019.
Abstract: Trata da relevância das Teorias de Representação, no âmbito da Organização do Conhecimento, como um recurso para o profissional da informação no desempenho das atividades relativas à construção de modelos de domínios de conhecimento diversos. Para tanto, recorre à Teoria da Classificação Facetada, por possibilitar um raciocínio lógico para a criação de classes e subclasses num sistema de conceitos; e à Teoria do Conceito, por fornecer orientações para a elaboração de definições conceituais. Tem como campo empírico a organização dos projetos de pesquisa da Empresa Brasileira de Pesquisa em Agropecuária (Embrapa), que representa o universo da Ciência e Tecnologia (C&T). Os projetos são organizados por meio de portfólios – instrumentos gerenciais provenientes do Gerenciamento de Projetos –, que abrangem as principais áreas de atuação da empresa a partir de uma classificação temática baseada em objetivos estratégicos. Nesta pesquisa, analisamos os portfólios à luz do método analítico-conceitual proposto por Dahlberg, com particular ênfase nas suas definições, e à luz das categorias fundamentais propostas por Ranganathan, buscando investigar a base classificatória do conjunto de portfólios. Com base nestas teorias, identificamos problemas e estabelecemos diretrizes para o aperfeiçoamento da estrutura. Cumpre ressaltar que a referida estrutura tem impacto direto nas ações de planejamento e gestão das atividades de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I) da instituição, o que foi considerado no momento da análise. Para a elaboração da parte teórica foram feitos levantamentos bibliográficos entre os meses de agosto de 2018 e julho de 2019, cujos documentos recuperados variaram entre artigos, livros, teses e dissertações. A abordagem qualitativa caracteriza esta pesquisa, cujos objetivos refletem o uso do método exploratório-descritivo. Conclui-se que as teorias abordadas mantêm sua utilidade e relevância nos dias atuais, devendo ser adaptadas aos novos contextos. Portanto, elas fazem parte de um rico arcabouço teórico a ser incorporado e aplicado pelo profissional da informação em suas atividades.
metadata.dc.description.abstractother: The study deals with the relevance of Representation Theories within the scope of the Knowledge Organization as a resource for the information professional in the performance of activities related to the building models of diverse domains of knowledge. To do so, it mobilizes the Faceted Classification Theory, because it allows a logical reasoning for the creation of classes and subclasses in a system of concepts; and the Concept Theory, for providing guidance for the elaboration of conceptual definitions. It has as empirical field the organization of the research projects of the Embrapa (Brazilian Agricultural Research Corporation), which represents the universe of Science and Technology. The projects are organized through portfolios, which are management tools from the Project Management area. Thus, these portfolios comprise the corporation’s main areas of operation through a thematic classification based on strategic objectives. The research analyzes the portfolios using the conceptual-analytical method proposed by Dahlberg, with particular emphasis on definitions, and also the fundamental categories proposed by Ranganathan, which aims to describe the classificatory basis of the portfolio set. Based on these theories, it identifies problems and establishes guidelines for improving the structure of the portfolios. One should be noted that this structure has a direct impact on the planning and management of the institution's Research, Development and Innovation (RD&I) activities. The theoretical framework was constructed from a bibliographical survey carried out between August 2018 and June 2019, whose recovered different kinds of documents, including articles, books, theses and dissertations. The qualitative approach characterizes this research, whose objectives reflect the use of the exploratory-descriptive method. It argues that the theories approached maintain their usefulness and relevance nowadays, and must be adapted to the new contexts. Therefore, they are part of a rich theoretical framework to be incorporated and applied by the information professional in their activities.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/14777
Appears in Collections:PPGCI - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO LAURA ROCHA versão revista.pdf2.19 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.