Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/14971
Title: Laboratórios ficcionais de Conceição Evaristo e Paloma Vidal: a dupla inserção de escritoras-pesquisadoras na cena literária brasileira contemporânea
Authors: Azevedo, Daiane Crivelaro de
metadata.dc.contributor.advisor: Chiarelli, Stefania Rota
metadata.dc.contributor.members: Pietrani, Anélia Montechiari
Felisberto, Fernanda
Faedrich, Anna
Figueiredo, Eurídice
Issue Date: 2020
Abstract: Nesta tese, busquei inventivamente investigar e escutar algumas das novas vozesmulheres da cena literária brasileira contemporânea, a partir da compreensão de que o questionamento da autonomia literária permitiu a ascensão de narrativas que, antes, eram invisibilizadas pela manutenção de um cânone literário androcêntrico. Para isso, analiso como os limites entre realidade e ficção são questionados por Conceição Evaristo – em Becos da memória e Ponciá Vicêncio – e Paloma Vidal – em Algum lugar e Mar azul –, duas autoras que trazem para a literatura brasileira contemporânea uma voz feminina – expressa tanto pela primeira-mulher, que está para além dos livros, quanto pela segundamulher, que está dentro dos livros. Ao somarem, em suas trajetórias acadêmicas, o título de pesquisadoras, Evaristo e Vidal passam a caracterizar aquilo que busco defender como terceira-mulher, aquela que está nas entrepáginas dos livros. No exercício desta tese, me debruço sobre a obra de Conceição Evaristo e Paloma Vidal, investigando, portanto, como suas narrativas funcionam como laboratórios ficcionais e revelam na potência da escrita um projeto político e literário. Em meio ao reconhecimento dessa terceira-mulher, autocriticamente inserida na literatura, permiti, por fim, surgir também em mim o ser escritora-pesquisadora, à medida que busquei fazer desta tese um projeto político e literário
metadata.dc.description.abstractother: In this thesis, I inventively sought to investigate and listen to some of the new female voices in the contemporary Brazilian literary scene, based on the understanding that the questioning of literary autonomy allowed the rise of narratives that, before, were made invisible by the maintenance of an androcentric literary canon. For this, I analyze how the limits between reality and fiction are questioned by Conceição Evaristo - in Becos da memória and Ponciá Vicêncio - and Paloma Vidal - in Algum lugar and Mar azul -, two authors who bring a female voice to contemporary Brazilian literature - expressed both by the first-woman, that is beyond the books, and by the second-woman, that is inside the books. By adding, in their academic trajectories, the title of researchers, Evaristo and Vidal come to characterize what I seek to defend as a third-woman, the one that is between the pages of the books. In the exercise of this thesis, I focus on the work of Conceição Evaristo and Paloma Vidal, investigating, therefore, how their narratives work as fictional laboratories and reveal a political and literary project in the power of writing. Amid the recognition of this third-woman, autocritically inserted in the literature, I finally allowed myself to be also a writer-researcher, as I sought to make this thesis a political and literary project
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/14971
Appears in Collections:POSLIT - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese de Daiane Crivelaro de Azevedo.pdf1.83 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.