Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/15482
Title: Difusão cultural e educação patrimonial em arquivos: a Semana Nacional de Arquivos e as ações educativas do Arquivo Nacional
Authors: Barcellos, Bruna Gomes Borges
metadata.dc.contributor.advisor: Souza, Elisabete Gonçalves de
metadata.dc.contributor.members: Oliveira, Lúcia Maria Velloso de
Silva, Flávio Leal da
Cabral, Rosimere Mendes
Issue Date: 2020
Citation: BARCELLOS, Bruna Gomes Borges. Difusão cultural e educação patrimonial em arquivos: a Semana Nacional de Arquivos e as ações educativas do Arquivo Nacional. Niterói, 2020. 122 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação)– Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2020.
Abstract: O presente trabalho explora o conceito de difusão cultural em arquivos aproximando-o do conceito de educação patrimonial. Analisa as ações culturais e educativas realizadas nas três últimas edições (2017-2019) da Semana Nacional de Arquivos por instituições arquivísticas localizadas na cidade do Rio de Janeiro e aquelas realizadas pela Equipe de Educação em Arquivos do Arquivo Nacional. Trata-se de uma pesquisa qualitativa do tipo exploratória pautada em revisão de literatura e estudos de caso. Os procedimentos metodológicos envolveram levantamento bibliográfico e revisão de literatura acerca dos seguintes temas: arquivo e memória social; difusão cultural e educação patrimonial, mediação da informação; arquivo e educação patrimonial. Destaca a função sociocultural dos arquivos e as atividades desenvolvidas para esse fim e de que forma relacionam-se com o caráter cultural, social e educativo destas instituições. Por atividades de difusão cultural e educativa entende-se, por exemplo, a realização de visitas guiadas, palestras, exposições, exibições de filmes, cursos, mesas redondas, entre outras. Explora-se os três modelos de difusão citados por Bellotto (2006), difusão educativa, cultural e editorial, assim como as metodologias expressas no Guia Básico de Educação Patrimonial editado pelo IPHAN e sua aplicabilidade nos programas de educação patrimonial em arquivos. Mostra que programas de difusão cultural ao se alinharem com as ações de educação patrimonial ampliam as possibilidades das instituições arquivísticas atingirem públicos diversos, mostrando-os o valor dos arquivos para além de sua função administrativo-burocrática; como instituições promotoras do acesso à informação, da preservação de direitos e da difusão da memória coletiva. Ressalta a necessidade de se desenvolver ações que promovam a mediação explícita, aquela que se realiza por meio do contato direto como os usuários e que tem as ações culturais e educativas como principal estratégia para a sua realização. Conclui que a Semana Nacional de Arquivos e as ações da Equipe de Educação em Arquivos do Arquivo Nacional vêm ampliando o leque das atividades de difusão cultural e que estas vêm contribuindo para a popularização dos arquivos no Brasil. Chama a atenção para a urgência de maior inserção dos arquivistas no fazer-pensar destas práticas, trazendo a temática difusão, da função social, cultural e educativa dos arquivos para a agenda de estudos da área.
metadata.dc.description.abstractother: The present work explores the concept of cultural diffusion in archives, bringing it closer to the concept of heritage education. It analyzes the cultural and educational actions carried out in the last three editions (2017-2019) of the Semana Nacional de Arquivos by archival institutions located in the city of Rio de Janeiro and those carried out by the Archives Education Team of the Arquivo Nacional (Brazil). It is an exploratory qualitative research based on literature review and case studies. The methodological procedures involved bibliographic survey and literature review on the following themes: archive and social memory; cultural diffusion and heritage education, mediation of information; archives and heritage education. It highlights the socio-cultural function of the archives and the activities developed for that purpose and how they relate to the cultural, social and educational character of these institutions. Cultural and educational dissemination activities, for example, include guided tours, lectures, exhibitions, film screenings, courses, round tables, among others. It explores the three models of diffusion mentioned by Bellotto (2006), educational, cultural and editorial diffusion, as well as the methodologies expressed in the Guia Báscio de Educação Patrimonial published by IPHAN and its applicability in heritage education programs in archives. It shows that cultural dissemination programs, in alignment with heritage education actions, expand the possibilities of archival institutions to reach diverse audiences, showing them the value of archives beyond their administrative-bureaucratic function; as institutions that promote access to information, the preservation of rights and the diffusion of collective memory. It emphasizes the need to develop actions that promote explicit mediation, one that takes place through direct contact with users and that has cultural and educational actions as the main strategy for its realization. It concludes that the National Archives Week and the actions of the Archives Education Team of the National Archives have been expanding the range of cultural dissemination activities and that these have contributed to the popularization of archives in Brazil. It is noteworthy that there is an urgent need for archivists to be more involved in the making of these practices, bringing the theme of diffusion, from the social, cultural and educational function of archives to the area's study agenda.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/15482
Appears in Collections:PPGCI - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Bruna Barcellos versão final.pdf2.49 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.