Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/15571
Title: Desnudando o homem: invenções e reinvenções de masculinidade 
em práticas fotográficas dos séculos XIX e XX
Authors: Schwarz, Júlia
metadata.dc.contributor.advisor: Sibilia, Paula
metadata.dc.contributor.members: Mendonça, Kleber
Daemon, Flora
Issue Date: 2020
Citation: SCHWARZ, Julia. Desnudando o homem: invenções e reinvenções de masculinidade nos séculos XIX e XX. 2020. 161f. Dissertação (Mestrado em Comunicação) - Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2020.
Abstract: Esta dissertação desenvolve uma análise genealógica dessa peculiar categoria artística, o nu masculino, enfocando suas manifestações fotográficas nos séculos XIX e XX. A pesquisa parte da curiosidade suscitada por mudanças que vêm ocorrendo nessas representações, bem como nas críticas em torno das próprias variações. Ao desenhar essa cartografia recorrendo ao método genealógico, destacam-se alguns dos recursos técnicos e estéticos utilizados – tanto na atuação dos fotógrafos como nas performances dos modelos – em sua condição de sintomas que marcaram os corpos caracterizados como masculinos em diversos momentos da história ocidental, para contrastar com o período contemplado e, de maneira concomitante, com o presente. Desse modo, identificam-se certas alterações nos referenciais de masculinidade, bem como no papel da fotografia na construção dessas definições de gênero. Um dos principais resultados dessa pesquisa consistiu em detectar o despontar de uma certa objetificação do corpo masculino nas fotografias dos séculos XIX e XX, comparável (embora com importantes diferenças) à que aconteceu com a nudez feminina no período de auge da pintura ao óleo, do século XVI ao XIX.
metadata.dc.description.abstractother: This thesis develops a genealogical analysis of a particular artistic category, the male nude, with a focus on its photographic manifestations along the 19th and 20th centuries. The research is in great part motivated by the curiosity over some changes that have being made on these representations and the critical reception around their modifications. By creating a cartography employing the genealogical method, this research highlights some technical and aesthetic practices used – both in the photographers' actions and in the models' performances – in their condition of symptoms that inscribe bodies represented as male figures in different moments of Western history, to contrast with the covered period, and, in implicit manner, with the present. Therefore, this thesis aims to identify some changes in the references of masculinity, as well as on photography’s role in the construction of these gender definitions. In this thesis, it is unfolded an itinerary in an effort to understand the emergence of a certain objectification of the male body in the photography of the 19th and 20th centuries, comparable (albeit with significant differences) to what happened to female nudity during the height of oil painting from the 16th to the 19th century.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/15571
Appears in Collections:PPGCOM - Dissertações - Niterói

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
dissertacao_schwarz julia - Júlia Schwarz.pdf41.14 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons