Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/15614
Title: O álbum visual e a reconfiguração de formatos audiovisuais na cultura digital
Other Titles: The Visual Album and the Reconfiguration of Audiovisual Formats in Digital Culture
Authors: Dalla Vecchia, Leonam
metadata.dc.contributor.advisor: Sá, Simone Pereira de
metadata.dc.contributor.members: Holzbach, Ariane
Soares, Thiago
Waltenberg, Lucas
Issue Date: 2020
Citation: DALLA VECCHIA, Leonam. O Álbum Visual e a Reconfiguração de Formatos Audiovisuais na Cultura Digital. 2020. 192 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação) - Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2020.
Abstract: A presente dissertação tem como objetivo central refletir sobre as especificidades estéticas e formais do álbum visual, procurando investigar os valores que tal formato audiovisual traz inscrito em sua constituição plástica. Minha hipótese é de que o álbum visual proporciona um novo modelo de fruição estética no contemporâneo, o qual é fruto da articulação e remediação de dois produtos provenientes, respectivamente, da indústria fonográfica e de suas articulações com a indústria televisiva: o álbum de músicas e o videoclipe. O percurso metodológico da pesquisa, portanto, incidirá em uma revisão bibliográfica acerca dos contextos socioeconômicos nos quais o álbum fonográfico e o videoclipe se desenvolveram, refletindo sobre a constituição de determinadas práticas de escuta e regimes de espectatorialidade inerentes a estas formas culturais. Num segundo momento, procurarei estabelecer parâmetros e atributos que poderiam caracterizar o álbum visual enquanto um formato audiovisual detentor de suas próprias convenções simbólico-sensíveis, tendo como corpus empírico de observação uma análise comparativa dos álbuns visuais Beyoncé (Beyoncé, 2013) e Dirty Computer (Janelle Monáe, 2018).
metadata.dc.description.abstractother: This dissertation has as its main objective to reflect on the aesthetic and formal specificities of the visual album, seeking to investigate what would be the values that such audiovisual format brings inscribed in its plastic constitution. My hypothesis is that the visual album introduces a new model of aesthetic enjoyment in the contemporary, which is the result of the articulation and remediation of two products, respectively, from the recording industry and their articulations with the television industry: the phonographic album and the music video. The methodological course of the research, therefore, will focus on a bibliographical review about the socioeconomic contexts in which the phonographic album and the music video developed, reflecting on the constitution of certain listening practices and spectatorial regimes inherent to these cultural forms. On the other half of the research, I will try to establish parameters and attributes that could characterize the visual album as an audiovisual format with its own aesthetic conventions, having as empirical observation corpus a comparative analysis of the visual albums Beyoncé (Beyoncé, 2013) and Dirty Computer (Janelle Monáe, 2018).
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/15614
Appears in Collections:PPGCOM - Dissertações - Niterói



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons