Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/1571
Title: Estado da arte da operação de fraturamento hidráulico
Authors: Tavares, Lucas Silveira
metadata.dc.contributor.advisor: Ourique, Cláudia Ossanai
metadata.dc.contributor.members: Ourique, Cláudia Ossanai
Ferreira, Geraldo de Souza
Ourique, Jorge Eduardo da Silva
Issue Date: 2010
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Abstract: Atualmente, a demanda energética mundial vem apresentando uma taxa de crescimento elevada. O petróleo é a fonte energética mais consumida no mundo, portanto, a cada dia que passa se torna mais clara a necessidade de se ampliar conhecimentos e aperfeiçoar técnicas relacionadas à produção de hidrocarbonetos. No entanto, dos poços de petróleo explorados, apenas um pequeno percentual se mostra economicamente viável, o que mostra a complexidade envolvida no processo de exploração. Existem diversas maneiras de se aumentar a produtividade de um poço de petróleo, podendo ser citados os métodos de recuperação secundária de óleo e a estimulação de poços. Neste trabalho será dada ênfase a um método de estimulação de poços: o fraturamento hidráulico. O procedimento de fraturamento hidráulico tem como objetivo a criação de fraturas, que formam canais com maior permeabilidade que a formação original, possibilitando uma melhor extração do óleo/gás do reservatório. Desta forma, a exploração de campos que a princípio não se mostram promissores (por possuírem uma baixa permeabilidade da formação rochosa) pode ser viabilizada através da estimulação. O processo consiste em injetar um fluido de fraturamento na formação, utilizando uma pressão suficientemente alta para que haja a ruptura da formação, iniciando uma fratura que irá se propagar conforme o bombeio do fluido. A tendência natural a partir do momento em que se alivia a pressão de injeção de fluido, é que a formação retorne a posição inicial, porém para evitar que este fato ocorra e manter a fratura aberta, após a sua abertura é injetado juntamente com o fluido um material de sustentação chamado propante. Este material granular fornece à fratura grande permeabilidade para haja o escoamento do fluido contido no reservatório preferencialmente pelo interior da fratura. Tanto o fluido de fraturamento quanto o propante devem ser analisados e selecionados com atenção. Durante o desenvolvimento do trabalho, a técnica de fraturamento hidráulico será explanada com maiores detalhes, bem como os principais fatores que influenciam a mesma. O principal fator que será analisado é a seleção de propantes, avaliando as propriedades e condições de utilizações ideais dos mesmos, assim como a situação atual do mercado de agentes de sustentação. Adicionalmente, será feita uma simulação computacional para representar o fluxo de fluidos pelo interior de uma fratura, analisando os ganhos que a estimulação pode trazer na exploração de determinado tipo de formação rochosa.
metadata.dc.description.abstractother: Nowadays, the world’s energetic demand is increasing rapidly. Petroleum is the most consumed source of energy, this way it is necessary to expand and improve the techniques related to the production of hydrocarbons. However, only a small percent of the explored fields are economic feasible, fact that shows the complexity that the exploration process involves. There are lots of techniques applied to improve the productivity of an oil well, for example: the secondary recovery methods and well stimulation. This project’s subject is about a stimulation method: hydraulic fracturing. The hydraulic fracturing operation’s objective is to create fractures that build channels where the permeability is greater than the formation permeability, resulting in a better extraction of oil/gas of the reservoir. The process consists on injecting a fracturing fluid in the formation, using a pressure high enough to break the rock, initiating a fissure that will propagate according to the fluid pumping. Once the pumping pressure relieves, the natural tendency is that the formation returns to its original position. To avoid this fact and keep the fracture opened, a propping agent mixed with the fracturing fluid is injected. These grains, called proppants, provide good permeability to the fracture, allowing a preferential fluid flow along the fissure. Both the proppant and the fracturing fluid must be analyzed carefully. During the development of this work, the hydraulic fracturing technique will be explained with details, as well as the factors that influence it. The main issue that will be analyzed is the proppant selection, evaluating its properties and ideals conditions of application, as well as the current proppant’s market situation. In addition, the project will present a computer simulation that will represent the fluid flow along the fracture, analyzing the benefits provided by the stimulation of a determined type of formation.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/1571
Appears in Collections:TGO - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Lucas Silveira Tavares.pdf2.84 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.