Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/1605
Title: Integração de parâmetros geoquímicos e ecotoxicológicos na avaliação da contaminação dos sedimentos do estuário do rio Cubatão (SP)
Authors: Moreira, Cristiane Cabral
metadata.dc.contributor.advisor: Castilhos, Zuleica Carmen
metadata.dc.contributor.advisorco: Machado, Wilson Thadeu Valle
metadata.dc.contributor.members: Barrocas, Paulo Rubens Guimarães
Santos, Elisamara Sabadini
Bidone, Edison Dausacker
Issue Date: 2014
Abstract: O objetivo deste trabalho foi avaliar a toxicidade dos sedimentos do estuário do rio Cubatão, utilizando de forma integrada diferentes linhas de evidências baseadas em indicadores geoquímicos e ecotoxicológicos. Foram coletadas amostras em três pontos de coleta, denominados de estações na porção estuarina do rio, dentro e fora do mangue. O objetivo foi avaliar o gradiente de distribuição espacial de metais-traço e de indicadores geoquímicos, ao longo das estações de coleta e possíveis efeitos do mangue sobre esta distribuição. Para avaliar a contaminação dos sedimentos, foram medidos os teores totais de Cd, Cr, Cu, Ni, Pb, Zn e Hg e para entender o comportamento geoquímico deles, foram medidos também P e os teores de matéria orgânica, bem como o Fe, Al, S e Mn, suportes geoquímicos comuns para metais em sedimentos. Para avaliar a potencial disponibilidade destes contaminantes à biota, foi feita uma extração com HCl 1M e o percentual extraído foi comparado com os teores totais encontrado nas amostras, para cada metal. Finamlente, a toxicidade foi avaliada por meio de testes de toxicidade aguda e crônica com o anfípoda Tiburonella viscana e com o copépodo Nitocra sp., respectivamente. Os resultados mostraram uma tendência ao aumento dos teores totais dos metais em direção à montante (rio acima), tanto dentro quanto fora do mangue, exceto na estação intermediária dentro do mangue. Foi verificada mortalidade significativa para T. viscana apenas na Estação intermediária, fora do mangue, e diminuição significativa da taxa de reprodução para Nitocra sp. em todas as amostras. Os efeitos e as respostas observados nos testes de toxicidade, baseados no comportamento geoquímico dos metais não evidenciou causalidade entre as respostas de toxicidade e os teores e distribuição dos metais. Entretanto, os dados não permitem afirmar o contrário, enfatizando a necessidade de uma investigação mais aprofundada, envolvendo um inventário maior de contaminantes dentro de uma malha amostral maior no sistema estuarino do rio Cubatão
metadata.dc.description.abstractother: The objective of this study was to evaluate the toxicity of the sediments from the Cubatão river’s estuary, integratind data from geochimical and ecotoxicological indicators. Samples were collected from three stations along the estuarine portion of the river, inside and outside the mangrove. The objective was to evaluate the concentrations gradient of trace metals and geochemical indicators as well as the influence of the mangrove in this distribution. To evaluate the sediment contamination, total concentrations of Cd, Cr, Cu, Ni, Pb, Zn and Hg were measured and to understand their geochemical behavior, total concentrations of P, organic matter, Fe, Al, S and Mn were also measured, for these are common geochemical supports for metals in sediment. To assess the potential availability of these contaminants to the living organisms, an extraction was made with 1M HCl and the percentage extracted was compared with the total content found in the samples for each metal. Finally, the toxicity was evaluated by both acute and chronic tests using the amphipod Tiburonela viscana and the copepod Nitocra sp., respectively. The results showed a tendency in increasing the total levels of metals toward upstream, both inside and outside the mangrove, except for the indermediary sation, inside the mangrove. Significant mortality was observed for T. viscana only for the intermediary station, inside the mangrove while a significant decrease in the reproduction rate for Nitocra sp. was observed in all samples. The effects and results observed in toxicity tests, based on the geochemical behavior of the trace metals measured showed no causality between toxicity and trace metals concentratons or their distribution in these sediments. However, the data are not suficient to affirm the opposite, emphasizing the need for further research involving a larger inventory of contaminants within a larger sampling grid within the estuarine system of Cubatão river
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/1605
Appears in Collections:PPG-GEO - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Cristiane Cabral Moreira_2013.pdf13.21 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.