Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/1606
Title: Um estudo sobre a presença e atuação de empresas chinesas no atual cenário petrolífero brasileiro
Authors: Bersan, Lucas Bragança
metadata.dc.contributor.advisor: Ferreira, Geraldo de Souza
metadata.dc.contributor.members: Santos, Lizandro de Sousa
Queiroz Neto, João Crisósthomo de
Issue Date: 11-Apr-2016
Abstract: A China encontra-se atualmente como um dos principais parceiros econômicos brasileiros, estabelecendo relações em diversos setores e sendo o principal importador de produtos importantes da economia brasileira como a soja e o minério de ferro. O país asiático apresenta-se como o maior consumidor energético mundial o que faz com que sua produção energética não seja suficiente para suprir a demanda nacional. O presente trabalho busca analisar as soluções encontradas pelos chineses para resolver tal problema, procurando fontes energéticas no plano internacional, estabelecendo parcerias com diversos países, entre eles o Brasil, com elevada produção ou alta capacidade energética, com o objetivo de importar volumes energéticos de diversas fontes. Para estabelecer tais parcerias a China precisou criar algumas estratégias como a internacionalização de suas estatais energéticas, para que essas pudessem ter participações em ativos de produção em diversas regiões do mundo. Essa e outras estratégias serão abordadas neste trabalho. O presente projeto tem como objetivo apresentar, além das estratégias chinesas de internacionalização de sua produção, suas três grandes estatais do setor de óleo e gás e a forma como atuam, o desenvolvimento chinês de consumo e produção energética desde a abertura econômica, analisando também o papel das principais fontes energéticas do país para o seu desenvolvimento. Assim também serão apresentadas a matriz energética do país asiático e os volumes de importações de algumas fontes. Também será feita uma breve abordagem do bloco político-econômico do qual tanto o Brasil quanto a China fazem parte, o chamado BRIC, demonstrando as vantagens das parcerias entre o Brasil e a China para o crescimento de ambos.
metadata.dc.description.abstractother: China is currently one of Brazil's most important economic partners. Both countries have established relations in many sectors and China is the main importer of some Brazilian important products such as soy and iron ore. The Asian country is the largest energetic consumer in the world and its energy production is insufficient for supplying the domestic demand. This monograph intends to analyze some of the solutions used for solving this problem, such as looking for energetic sources overseas and establishing relations with countries, including Brazil, that have a high energy production or energetic potential. This and other strategies will also be studied along this project. This work presents the Chinese strategies for internationalization of its energy production, the state-owned oil and gas companies and their activities and the Chinese energy production and consume development. Besides that, a brief approach will be presented on the BRIC, the political and economic group from what both China and Brazil are part of, showing the advantages of partnerships for both countries.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/1606
Appears in Collections:TGO - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Versao Final final 04.2016.pdf893.76 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.