Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/16062
Title: Análise das tensões residuais na soldagem por resistência elétrica por ponto do aço ARBL HC420LA
Authors: Pereira, Paola Rodrigues
metadata.dc.contributor.advisor: Fonseca, Maria da Penha Cindra
metadata.dc.contributor.members: Martins, José Luiz Ferreira
Benini, Lucas
Issue Date: 2019
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: PEREIRA, Paola Rodrigues. Análise das tensões residuais na soldagem por resistência elétrica por ponto do aço ARBL HC420LA. 2019. 50f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Escola de Engenharia, Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2019.
Abstract: As tensões residuais estão presentes em todos os componentes mecânicos, estruturas e tubulações e podem afetar a vida em fadiga e o desempenho dos mesmos. Dessa forma, é de extrema importância compreender a natureza e a magnitude das tensões residuais, além dos seus efeitos nas propriedades mecânicas dos materiais. Os processos de soldagem são particularmente geradores de tensões residuais devido à ação combinada da contração, aporte térmico e transformações de fases, que ocorrem durante a solidificação da junta soldada. Sendo assim, o presente trabalho tem como objetivo analisar as tensões residuais geradas na soldagem por resistência elétrica por ponto (RSW) do aço HC420LA. Foi usada a técnica por difração de raios-X, pelo método do sen2, para a medição das tensões residuais, acompanhado do método de remoção de camadas, por polimento eletrolítico, para gerar um perfil das tensões residuais nas camadas subsuperficiais do ponto de solda. Análises microestruturais por microscopia óptica e de microdureza Vickers complementaram o estudo. Os resultados obtidos mostraram que as tensões residuais são trativas na superfície do ponto soldado, com magnitude máxima no centro, diminuindo gradativamente ao se afastar do centro do ponto.
metadata.dc.description.abstractother: Residual stresses are present on all mechanical components, structures and pipelines and can affect fatigue life and performance. Thus, it is extremely important to understand the nature and magnitude of residual stresses, as well as their effects on the mechanical properties of materials. Welding processes are particularly residual stress generators due to the combined action of shrinkage, thermal input and phase transformations that occur during solidification of the welded joint. Therefore, the present work aims to analyse the residual stresses generated by the resistance spot welding (RSW) of HC420LA steel. The X-ray diffraction technique, with the sen2 method, was used for the measurement of residual stresses, followed by the layer removal technique, with electrolytic polishing method, to generate a residual stress profile in the subsurface layers of the weld spot. Microstructural analyses by optical microscopy and Vickers microhardness complemented the study. The results showed that the residual stresses are tensile on the welded point surface, with maximum magnitude in the center, decreasing gradually as it moves away from the center of the point.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/16062
Appears in Collections:TGM - Trabalhos de Conclusão de Curso - Niterói

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Projeto-de-graduacao _ Paola Pereira CORREÇÃO - Paola Rodrigues Pereira.pdf1.23 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.