Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/16281
Title: Sem respeitar fé nem tratados: escravidão e guerra na formação da fronteira sul do Brasil (Rio Grande de São Pedro, c. 1777 - c. 1835)
Authors: Aladrén, Gabriel
metadata.dc.contributor.advisor: Castro, Hebe Maria da Costa Mattos Gomes de
metadata.dc.contributor.members: Reis, João José
Fragoso, João Luís Ribeiro
Carvalho, Marcus Joaquim Maciel de
Issue Date: 2012
Abstract: Esta tese analisa as conexões entre escravidão e guerra no processo de constituição da fronteira sul do Brasil, entre os anos de 1777 e 1835. Argumenta-se que a consolidação dos limites meridionais dependeu da formação de uma sociedade escravista no Rio Grande do Sul, ela mesma uma decorrência das guerras de independência no Rio da Prata e das transformações do mundo atlântico na era das revoluções. Emprega-se como método a variação de escalas de observação, alternando o exame de trajetórias individuais com o de processos políticos e econômicos de média e longa duração. O espaço geográfico selecionado consiste no território adjacente às atuais linhas divisórias do Brasil com o Uruguai e a Argentina. Pretende-se, por meio da análise da estrutura produtiva, do tráfico negreiro, da demografia, da política internacional, da ideologia e da resistência escrava, demonstrar como a guerra, a fronteira e a escravidão foram fenômenos indissociáveis na formação da sociedade rio-grandense e do Império luso-brasileiro.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/16281
Appears in Collections:PPGH - Teses - Niterói

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese-gabriel-aladren.pdf2.77 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons