Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/16386
Title: Nas margens: experiência de suburbanos com periodismo no Rio de Janeiro (1880-1920)
Authors: Mendonça, Leandro Climaco
metadata.dc.contributor.advisor: Maciel, Laura Antunes
metadata.dc.contributor.members: Cruz, Heloisa de Faria
Barbosa, Marialva Carlos
Issue Date: 2011
Citation: MENDONÇA, Leandro Climaco. Nas margens: experiências de suburbanos com periodismo no Rio de Janeiro, 1880-1920. 2011. 149 f. Dissertação (Mestrado em História)-Universidade Federal Fluminense, Niteroi, 2011.
Abstract: Esta é uma pesquisa dedicada em compreender o processo de constituição e desenvolvimento do periodismo suburbano existente na cidade do Rio de Janeiro entre as décadas de 1880 e 1920. Através da análise de inúmeros materiais, especialmente das dezenas de periódicos produzidos nos subúrbios, busca-se entender as motivações que levaram homens e mulheres a investirem na publicação de jornais, revistas e almanaques naquele momento histórico. O estudo dessas experiências no passado nos permite apresentar múltiplas experiências motivadas por projetos distintos. Ao apresentarmos o conjunto do periodismo suburbano na cidade, essa dissertação tem a intenção de trazer os desafios concretos enfrentados por todos aqueles que estiveram envolvidos na produção desses órgãos de imprensa. A fragilidade do financiamento, a concorrência com os periódicos mantidos por grandes empresas, a necessidade de angariar apoio entre os suburbanos, a construção de uma rede de representantes nos subúrbios – são exemplos que demonstram as dificuldades em se lançar e manter um periódico nos bairros suburbanos. Em um período marcado pelo forte crescimento urbano da cidade, o conjunto da imprensa suburbana pode ser considerado um material indispensável para o estudo das áreas mais afastadas do Centro e sua população. Se muitos jornais foram criados como órgãos militantes dos interesses de uma classe média que buscava se constituir como uma elite suburbana, distante dos interesses populares, em outros periódicos foi possível mapearmos experiências críticas ao modelo de sociedade hegemônico. Inúmeras iniciativas jornalísticas defenderam projetos alternativos, populares, assim como se constituíram como atores políticos privilegiados envolvidos na formulação de novas formas de representação política, duramente críticas ao modelo construído no início do período republicano, marcado pela exclusão da grande maioria da população do processo decisório do país.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/16386
Appears in Collections:PPGH - Dissertações - Niterói

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissert-leandro-climaco-almeida-de-melo-mendonca.pdf880.91 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons