Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/16388
Title: Capital e trabalho no sindicalismo rural brasileiro: uma análise sobre a CNA e sobre a CONTAG (1964-1985)
Authors: Ramos, Carolina
metadata.dc.contributor.advisor: Mendonça, Sonia Regina de
metadata.dc.contributor.members: Guimarães, Carlos Gabriel
Mattos, Marcelo Badaró
Correa, Maria Letícia
Issue Date: 2011
Citation: RAMOS, Carolina. Capital e trabalho no sindicalismo rural brasileiro: uma análise sobre a CNA e sobre a CONTAG (1964-1985). 2011. 266 f. Tese (Doutorado em História)-Universidade Federal Fluminense, Niteroi, 2011.
Abstract: A tese pretende analisar a atuação, entre os anos de 1964 e 1985, da Confederação Nacional dos Trabalhadores da Agricultura (CONTAG) e da Confederação Nacional da Agricultura (CNA), sindicatos oficiais e de âmbito nacional dos, respectivamente, trabalhadores e proprietários rurais. Estas agremiações são regidas pela legislação sindical corporativista e estão subordinadas ao Ministério do Trabalho. Intenta-se averiguar a articulação das Confederações com setores da sociedade civil e da sociedade política, apontando para suas formas específicas de representação. Serão estudadas suas principais campanhas, a base econômica e trajetória política e profissional de seus dirigentes, bem como as similitudes e embates observados entre ambas.O posicionamento da CONTAG e da CNA frente às políticas públicas voltadas para a reforma agrária no período abarcado pela pesquisa consiste em um dos principais objetos de investigação da tese. Por fim, pretende-se analisar a crise de representação das Confederações no contexto da “abertura política”, identificando a redefinição de suas estratégias de atuação.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/16388
Appears in Collections:PPGH - Teses - Niterói

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese-carolina-torres-alves-de-almeida-ramos (1).pdf4.16 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons