Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/16413
Title: Partículas de carga funcionalizadas com tiouretanos: caracterização em compósitos experimentais
Authors: Ramos, Amanda Barreto
metadata.dc.contributor.advisor: Cavalcante, Larissa Maria Assad
metadata.dc.contributor.advisorco: Pfeifer, Carmem Silvia Costa
Issue Date: 2018
Abstract: A presente tese de doutorado divide-se em Fase 1 (Artigo 1) e Fase 2 (Artigo 2). Na Fase 1, o objetivo foi realizar um levantamento bibliográfico sobre o desenvolvimento, propriedades e aplicações de compósitos experimentais com a incorporação de tiouretanos. Na Fase 2, o trabalho foi avaliar o grau de conversão, a absorção e solubilidade, a estabilidade de cor, a rugosidade superficial, as propriedades antimicrobianas e a citotoxicidade de compósitos formulados com diferentes concentrações de tiouretano (TU) como revestimento de partículas de carga em um compósito experimental. A concentração de partículas de carga revestidas com TU variou de acordo com os seguintes grupos experimentais: 0 (Controle - TU0), 25% (TU25), 50% (TU50), 75% (TU75) e 100% (TU100) em peso de carga. O grau de conversão foi mensurado por Espectroscopia de infravermelho transformada por Fourier (FTIR). A absorção e a solubilidade foram realizadas de acordo com a ISO 4049:2009. A estabilidade de cor foi analisada empregando o parâmetro CIELab (CIE L*, CIE a*, and CIE b*) e o iluminante D65. Os valores de rugosidade de superfície foram obtidos em um rugosímetro e as propriedades antimicrobianas foram detectadas por meio do teste exaustão e contagem de colônias de Streptococus mutans. Para avaliar a possível citotoxicidade do material à fibroblastos gengivais humanos um teste multiparamétrico foi conduzido, avaliando três diferentes parâmetros (XTT, NRU e CVDE) nas mesmas células. O teste ELISA foi usado para mensuração dos marcadores IL-6 e b-FGF. Não houve diferença estatística entre os grupos experimentais e o controle nas análises do grau de conversão e de absorção e solubilidade. O grupo controle (TU0) apresentou os melhores valores de estabilidade de cor e os grupos TU75 e TU100 a maior variação de cor. A rugosidade superficial apresentou diferença estatística significativa comparada ao controle apenas no grupo TU100. Os grupos testados não demonstraram capacidade inibitória da formação de biofilme. Nenhum dos grupos experimentais apresentou valores inferiores a 70% de sobrevivência celular (citotóxico) nos períodos avaliados (24h e 7 dias). Controle positivo (tóxico) apresentou altos valores de IL-6 e baixos valores de b-FGF. O uso de tiouretano não interferiu na absorção e solubilidade, nem no grau de conversão. A estabilidade de cor e a rugosidade de superfície foram afetadas à medida que a concentração de TU aumentou. O material não apresentou atividade antimicrobiana e citotóxica às células. Tais resultados são de importante significância, uma vez que mostram que o material experimental com TU na composição não é citotóxico às células orais, o que pode predizer seu uso no meio oral. Somado a isso, em suas menores concentrações o material mantém suas propriedades equivalentes aos compósitos convencionais.
metadata.dc.description.abstractother: The current thesis was divided in Phase 1 and Phase 2. For Phase 1 the aim was to review the literature on the development, properties and applications of composite materials based on the addition of thiourethanes. Phase 2 aimed to evaluate the degree of conversion, absorption and solubility, color stability, surface roughness, antimicrobial properties and cytotoxicity of experimental composites containing different concentrations of thiourethane-functionalized fillers (TU). The concentration of TU varied according to the following experimental groups: 0 (Control-TU0), 25% (TU25), 50% (TU50), 75% (TU75) and 100wt% (TU100). The degree of conversion was measured by Fourier Transform Infrared Spectroscopy (FTIR). Absorption and solubility were performed according to ISO 4049: 2009. Color stability were analyzed using the CIELab parameter (CIE L *, CIE a *, and CIE b *) and illuminant D65. The surface roughness values were obtained in a rugosimeter. The antimicrobial properties were detected through the exhaustion test and counting of Streptococus mutans colonies. To evaluate the possible cytotoxicity of the material to human gingival fibroblasts a multiparametric test was conducted, evaluating three different parameters (XTT, NRU and CVDE) in the same cells. ELISA was used to measure the IL-6 and b-FGF markers. There was no statistical difference among experimental groups and the control in the analyzes of absorption, solubility and degree conversion. The control group (TU0) presented the best values of color stability and the TU75 and TU100 groups had higher values of color variation. The surface roughness presented a statistically significant difference compared to the control only in the TU100 group. The groups tested did not demonstrate the inhibitory capacity of biofilm formation. None of the experimental groups presented values below 70% of cell survival (cytotoxic) in the evaluated periods (24h and 7 days). Positive control (toxic) had high IL-6 values and low b- FGF values. The use of thiourethane did not interfere with absorption and solubility, nor on degree of conversion. Color stability and surface roughness were affected as TU concentration increased. The material did not present antimicrobial and cytotoxic activity to the cells. These results are significant, once that shows that the experimental material with TU in the composition is not cytotoxic to oral cells, which may predict its use in the oral environment. In addition, in its lower concentrations the material maintains its properties equivalent to those conventionally used.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/16413
Appears in Collections:PPGO - Teses - Niterói

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese Amanda Barreto Neves.pdf294.37 kBAdobe PDFView/Open
Corpo do texto.pdf1.51 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons