Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/1652
Title: O papel da Usina Hidrelétrica do Funil na acumulação de mercúrio
Authors: Vidal, Marcella da Silva Maia
metadata.dc.contributor.advisor: Patchineelam, Sambasiva Rao
metadata.dc.contributor.members: Bernedo, Alfredo Victor Bellido
Moreira, Isabel Maria Neto da Silva
Maddock, John Edmund Lewis
Issue Date: 25-Apr-2016
Abstract: As atividades urbanas e industriais podem contribuir para o aumento da concentração de alguns compostos e elementos, naturais ou não no ambiente. Dentre estes encontra-se o mercúrio, o qual oferece conhecido risco a saúde. As emissões difusas estão associadas ao abastecimento de água e energia, já que a necessidade por estes leva a modificação da freqüência, da magnitude e da natureza do aporte de água e sedimentos. Tudo isso por conta de intervenções na bacia de drenagem, como a formação de reservatórios e transposição de águas, atingindo, muitas vezes, regiões distantes da atividade modificadora. Tendo em vista tais aspectos, este estudo avaliou o efeito da barragem do Funil nas condições físico-quimicas e no particionamento do mercúrio na água em três pontos do rio Paraíba do Sul. Os parâmetros físico-químicos encontram-se dentro das condições estabelecidas pela legislação ambiental vigente. Entretanto, foram registradas violações para os parâmetros pH (9,43) e O.D. (< 5,0 mg.L-1) no ponto localizado na represa de Funil. O Hg-D e o Hg-P encontram-se com concentrações semelhantes aos reportados por outros estudos em reservatórios, em áreas de baixa concentração por este contaminante no Brasil e no mundo. Avaliando-se o efeito sazonal, os dados demonstram a princípio que o mercúrio está correlacionado diretamente a precipitação local, e também a sazonalidade de uma maneira geral. Há, aparentemente, uma ligação entre o aumento do Hg dissolvido e na época do verão, período em que ocorre um significativo aumento da temperatura e do índice pluviométrico
metadata.dc.description.abstractother: Urban and industrial activities contribute to increase environmental pollution, one of these components is the mercury. Diffuse emissions are associated with energy and water supply, since the need for these leads to modification of the frequency, magnitude and nature of water and sediment supply, due to interventions in the drainage basin, such as the formation of reservoirs and transposition of waters, with effects that may affect regions distant from the places where modification occurs. In view of these aspects, this study evaluated the effect of Funil reservoir on physicochemical conditions and partitioning of mercury in water at three points in Paraíba do Sul River. Physical and chemical parameters meet the conditions established by the water quality. Violations were recorded for pH (9.43) and O.D. (< 5,0 mg.L-1) at a point located at the dam. The Hg-D and the Hg-P concentrations are similar to those reported by other studies in Brazilian reservoirs and in other world areas of low concentration by this contaminant. Evaluating the seasonal effect, data demonstrate the principle that mercury is correlated directly to local rainfall and to the seasonal in a general way. There is apparently a link between increased dissolved Hg in summer season, period in which occurs a significant increase of temperature and rainfall
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/1652
Appears in Collections:PPG-GEO - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação (Marcella da Silva Maia Vidal).pdf1.55 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.