Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/16546
Title: Influência do modo de aplicação de fluido de corte na qualidade superficial do aço AISI304L usinado por fresamento de topo
Authors: Barbosa, Isabela Folly
metadata.dc.contributor.advisor: Fonseca, Maria da Penha Cindra
metadata.dc.contributor.members: Benini, Lucas
Souza, Marcel Freitas
Chuvas, Tatiane de Campos
Issue Date: 2020
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: BARBOSA, Isabela Folly. Influência do modo de aplicação de fluido de corte na qualidade superficial do aço AISI304L usinado por fresamento de topo. 2020. 64f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2020.
Abstract: O estudo das propriedades dos aços inoxidáveis cresce progressivamente, conforme acompanha as demandas da indústria. O aço inoxidável AISI 304L tem aplicação ampla, que o torna altamente versátil. Este aço possui propriedades mecânicas especiais, tais como excelente resistência à corrosão, elevada tenacidade, ductilidade e estabilidade térmica, com um relativo baixo custo. Entretanto, um grande desafio está na dificuldade de usinagem deste aço inoxidável austenítico, em função da sua elevada ductilidade, alta taxa de encruamento e baixa condutividade térmica. O presente trabalho tem como objetivo avaliar os efeitos do fresamento frontal na qualidade superficial em amostras do aço AISI 304L usinadas com diferentes aplicações de fluido de corte e variação de avanço por dente. Medições de rugosidade, de dureza Vickers e análise de variância ANOVA complementaram o estudo. Os resultados mostraram que a melhor qualidade superficial foi obtida no processo de fresamento sem o uso de fluido de corte, ou seja, a seco. Quanto aos resultados de dureza Vickers, foi observado um aumento de cerca de 40% na dureza das amostras após o fresamento, independente do modo de aplicação do fluido de corte.
metadata.dc.description.abstractother: The study of the properties of stainless steels grows progressively, according to the industry's demands. The AISI 304L stainless steel has a wide application, which makes it highly versatile. This steel has special mechanical properties, such as excellent corrosion resistance, high toughness, ductility and thermal stability, at a relatively low cost. However, a major challenge is the difficulty in machining this austenitic stainless steel, due to its high ductility, high hardening rate and low thermal conductivity. This work aims to evaluate the effects of end milling on the surface quality of samples of AISI 304L steel machined using different cutting fluids applications and the variation of feed per tooth. Roughness measurements, Vickers hardness and ANOVA analysis of variance complemented the study. The results showed that the best surface quality was obtained in the milling process without using cutting fluid, that is, dry. As for the Vickers hardness results, an increase of about 40% in the hardness of the samples was observed after milling, regardless of the method of application of the cutting fluid.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/16546
Appears in Collections:TGM - Trabalhos de Conclusão de Curso - Niterói

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Projeto Final - Isabela Folly Barbosa - Final sem assinaturas.pdf1.49 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons