Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/16586
Title: A Influência de eventos El Niño e La Niña na avaliação dos riscos de ocorrência de incêndios no Pará
Other Titles: The Influence of El Niño and La Niña Events in the Evaluation of the Fire Risk in Pará
Authors: Nascimento, Gustavo Corrêa
Senna, Mônica Carneiro Alves
Issue Date: 2020
Publisher: Anuário do Instituto de Geociências - UFRJ
Citation: NASCIMENTO, Gustavo Corrêa, SENNA, Mônica Carneiro Alves. A influência de eventos El Niño e La Niña na avaliação dos riscos de ocorrência de incêndios no Pará. Anuário do Instituto de Geociências, Rio de Janeiro, v. 43, n. 4, p.189-201, 2020.
metadata.dc.relation.ispartof: Anuário do Instituto de Geociências. Rio de Janeiro: Universidade Federal do Rio de Janeiro, 2020
Abstract: A atividade agrícola frequentemente utiliza o fogo para o manejo de terras, porém, muitas vezes, a utilização do fogo e a perda de seu controle pode acarretar a ocorrência de incêndios florestais. Sabendo que a ocorrência desses incêndios está fortemente relacionada com os fatores meteorológicos, este trabalho tem por objetivo compreender como eventos El Niño e La Niña podem influenciar o risco de ocorrência de incêndios no Pará, na Região Norte do Brasil. Para isso, utilizou-se a Fórmula de Monte Alegre para o cálculo de risco de fogo na região durante o El Niño de 2015/2016, a La Niña de 2011/2012 e um período neutro, de 2013/2014. O índice de risco meteorológico de incêndio calculado foi comparado com o total mensal de focos de calor na região, disponibilizado pelo INPE. Nos três períodos analisados, os meses de agosto a dezembro foram os mais propícios à ocorrência de incêndios, por serem meses com pouca precipitação. Observou-se um maior risco de incêndio para o ano de El Niño, se comparado ao ano neutro, devido à diminuição da precipitação e umidade relativa no local, corroborado pelo maior número de focos de incêndio, principalmente entre os meses de junho a dezembro. Um alto risco de fogo encontrado para o período de La Niña, também entre junho e dezembro, ocorreu devido a um fenômeno chamado La Niña Modoki, porém o menor número de focos de incêndio durante esse período demonstrou a influência antrópica variável na ocorrência de queimadas, provavelmente influenciada pelo cenário econômico da época.
metadata.dc.description.abstractother: Agricultural activity often uses fire for land management, but many times the use of fire and loss of control can lead to forest fires. Knowing that the occurrence of these fires is strongly related to the meteorological factors, this work aims to understand how El Niño and La Niña events can influence the risk of fires in Pará, in the Northern Region of Brazil. For this, the Monte Alegre Formula was used to calculate the fire risk in the region during the 2015/2016 El Niño, 2011/2012 La Niña, and a neutral period, from 2013/2014. The calculated fire weather danger index was compared to the monthly total of heat sources in the region, provided by INPE. In the three analyzed periods, the August to December months were the most favorable to the fires’ occurrence, due to the rainfall regime in this region. Higher fire risk was observed for the year of El Niño, when compared to the neutral year, due to the decrease of precipitation and relative humidity in the place, corroborated by the greater number of fire outbreaks, mainly June to December. A high fire risk found for the La Niña period, also between June and December, occurred due to a phenomenon called La Niña Modoki. Still, a lower number of fires during this period demonstrated the variable anthropic influence in the occurrence of fires, probably influenced by the economic scenario of the time.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/16586
Appears in Collections:GCB - Artigos - Niterói

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Gustavo Corrêa Nascimento.pdfArtigo1.5 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons