Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/16659
Title: Modelando a cavalaria: uma análise da demanda do Santo Graal (século XIII)
Authors: Souza, Neila Matias de
metadata.dc.contributor.advisor: Bastos, Mário Jorge da Motta
metadata.dc.contributor.members: Zierer, Adriana Maria de Souza
Frues, Vania Leite
Issue Date: 2011
Citation: SOUZA, Neila Martins. Modelando a cavalaria: uma análise da demanda do Santo Graal ( século XIII). 2011. 207 f.. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2011.
Abstract: A pesquisa que desenvolvemos no decurso do mestrado aborda a cavalaria, no Ocidente Medieval do século XIII, enquanto instituição militar que foi ganhando no decurso de seu processo de formação contornos crescentemente religiosos. Percebemos que isso foi parte de uma ação da Igreja na tentativa de controlar uma nobreza que se apresentava cada vez mais violenta e sedenta de riquezas; com esse objetivo várias assembléias que culminaram com as instituições da Tregua Dei e Pax Dei foram realizadas com o claro intuito de limitar os excessos da nobreza guerreira. Essa questão está presente nas fontes com as quais trabalhamos, A Demanda do Santo Graal e O Livro da Ordem de Cavalaria, que divulgam valores cristãos a serem seguidos principalmente pelos cavaleiros tão envoltos no pecado. Para isso há vários exemplos sobre o comportamento desses guerreiros, que identificamos e caracterizamos como modelares, seja como um bom exemplo a ser seguido ou um mal a ser evitado. São os modelos extremos, o “bom” e o “mau”, que trataremos aqui, entendendo-os como uma procura da Igreja em domesticar a cavalaria, enquadrá-la nos limites cristãos, imputando àquela instituição uma moral religiosa.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/16659
Appears in Collections:PPGH - Dissertações - Niterói

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissert-neila-matias-de-souza.pdf1.1 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons